Objetos entregues com sucesso, doações entregues com carinho

Vários objetos são entregues diariamente com praticidade, agilidade e rapidez

Que estamos na era da mobilidade não é novidade para ninguém. Já nos acostumamos a  pedir comida e carro por aplicativo, ir de um lugar ao outro, começando tudo pela pontinha do dedo.  

Agora, uma nova modalidade ao meu ver, bem interessante, chama a atenção por trazer à luz como somos tão esquecidos. É a entrega de objetos por aplicativos de transporte. Com o mesmo modelo dos outros, porém leva apenas objetos e não pessoas. Esta modalidade  se torna uma opção para pessoas que se esquecem de algo, ou apenas precisam fazer uma entrega rápida. 

Em conversa com um motorista de aplicativo, que por motivos óbvios iremos chamar de “Arnaldo”, descobrimos que entregar objetos, por vezes é um trabalho bem divertido, uma vez que diversas situações inusitadas cruzam o caminho dos condutores.

No ramo de entregas há 11 anos, ele conta que ao aderir a nova modalidade, já entregou de tudo, desde insetos, dinheiro, vestido de R$ 12.0000 a brinco esquecido na casa do amante. Ele conta que houve até uma tentativa de enviar pombos, porém ele deixou claro a impossibilidade de levar animais. Certa vez, uma senhora solicitou a chave de uma casa, quando ele chegou ao local, relata que ao entregar a mulher ficou enfurecida, pois disse que o marido havia enviado a chave errada. Arnaldo saiu mais do que depressa do lugar, com medo da fúria da senhora se virar contra ele também.

Objetos a caminho

Ao nos depararmos com tal serviço à nossa disposição, percebemos que a correria do dia a dia faz com que esqueçamos tantas coisas. Tem pessoas que entregam bolsas, chaves reservas de carro. A cabeça nem sempre acompanha o ritmo da vida. Mas muitos dos relatos, nos mostra que existe um mercado diverso, no processo de entregas. Além dos inusitados, Arnaldo, me contou que entre as entregas, também estão as doações, as vezes um pacote de arroz, um pouco de feijão cozido e metade de um prato de comida. São muitas as realidades da entrega. Muitas facetas de um trabalho que extrapola apenas a correria dos motocas. Tantas realidades, algumas delas nos emocionam muito e nos fazem refletir sobre tantas coisas importantes, e as que algumas vezes nem valorizamos tanto.

Por

cristiane.lopes@oestadorj.com.br

* Jornalista e especialista em Gestão Cultural. Amante da cultura e das artes.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e