Obama critica “falta de urgência” nos planos ambientais de Rússia e China

O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama criticou nesta segunda-feira, na 26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP26), China e Rússia, dois dos maiores emissores de carbono, pela “perigosa falta de urgência” em seus planos para agir contra a mudança climática.

“Devo confessar que foi particularmente decepcionante ver os líderes de dois dos maiores emissores do mundo, China e Rússia, se recusarem a sequer assistir às negociações. E os seus planos nacionais até agora parecem refletir uma perigosa falta de urgência”, disse o ex-governante em discurso na COP26. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e