O melhor tipo de impermeabilização de laje

Atualmente há diversas maneiras diferentes de se impermeabilizar uma laje e, se você quiser saber o melhor tipo de impermeabilização de laje, basta continuar neste artigo até o final.

Mas, antes de mais nada, você sabe dizer por que impermeabilizar sua laje é assim tão importante? Não? Sem problemas, nós te explicamos!

Porque impermeabilizar sua laje é tão importante!

Caso você tenha uma laje exposta, ou seja, aquela que recebe diretamente a água da chuva e as mudanças climáticas, impermeabilizá-la é de extrema importância. Se você já sofreu alguma vez com goteiras sabe muito bem do que estou falando!

A impermeabilização da laje vem justamente para corrigir este problema, além de vários outros, que não apenas incomodam, mas podem ser prejudiciais para toda a estrutura. Trincas e rachaduras podem ser apenas o início de um problema muito mais grave que está por vir, quer mesmo correr este risco?

O melhor tipo de impermeabilização de laje

Definir o melhor tipo de impermeabilização de laje é um tanto quanto complicado, isso pois, só para definir qual o melhor tipo para você isso já envolve diversos fatores que devem ser levados em consideração.

Cada obra é única, com suas particularidades, então cabe ao engenheiro responsável pela obra indicar qual será o melhor tipo de impermeabilização de laje, não adianta nada você utilizar um  tipo se ele não é o adequado para sua laje, por exemplo.

Com isto em mente, vamos focar nas impermeabilizações mais comuns, ou seja, as que são mais utilizadas em obras no Brasil atualmente. A manta asfáltica e a manta líquida.

Impermeabilização com manta líquida

As chances de você já ter visto a manta líquida antes são altas, isso pois trata-se dos produtos de impermeabilização de lajes mais comuns que há no mercado, isso se deve principalmente pela sua fácil aplicação.

Se você possui uma laje que não irá receber tráfego de pessoas, e que seja de telhas de fibrocimento e de concreto armado, então esta manta é ideal.

Quer um passo a passo ensinando a aplicação desta manta? Pois sem problemas, aqui vai um:

1 – Limpe totalmente o local, mas totalmente mesmo, e ele também deverá estar completamente seco.

2 – Para aplicar esta manta é fácil, você poderá inclusive utilizar um rolo de pintura comum. Equipamentos de segurança também devem fazer parte do seu kit de aplicação da manta.

3 – Quer saber quanto de manta irá precisar? É estimado que para cada m² você utilize 1 Kg da manta, então pegue a calculadora e faça os cálculos.

4 – Dilua a manta com 10% de água potável, isso irá facilitar na aderência.

5 – Na hora de aplicar o produto, atenção para ralos, rodapés e cantos. A manta não deverá ser aplicada nas superfícies que estejam molhadas ou muito frias.

6 – Quantas demãos? Duas ou três!

7 – É só? Quase, o recomendado aqui é que a cada dois anos você aplique uma nova camada do produto e refaça todo o processo.

8 – Proteção mecânica? Somente se houver tráfego de pessoas ou veículos, do contrário ela é totalmente desnecessária.

Impermeabilização com manta asfáltica

Já a manta asfáltica é simplesmente a mais utilizada em todo o Brasil, e, como o próprio nomo já indica, ela é feita a partir do asfalto, com a adição de vários outros materiais que contribuem para sua durabilidade e resistência.

E, diferente da manta líquida, a asfáltica já é indicada para lajes que recebam tráfego de pessoas e que sejam maiores. Então, se sua laja se enquadra nesta categoria e você quer saber como funciona a aplicação da manta asfáltica, é só seguir o passo a passo abaixo, mas nós já adiantamos, ela deve ser aplicada apenas por profissionais qualificados.

1 – A limpeza da área também é o primeiro passo aqui, algo que não dá pra fugir.

2 – Após tudo limpo, aplique uma demão de primer na laje, assim você irá garantir uma maior aderência.

3 – Estique a manta asfáltica que será usada e corte-a do tamanho da área de sua laje.

4 – Corte também outras faixas dessa manta e sobreponha-as 10 cm uma sobre a outra.

5 – Para os ralos você deverá fazer um corte em X e virar as pontas para dentro.

6 – Já para o acabamento, esquente as pontas da manta com o auxílio de um maçarico, de modo que as camadas possam se unir.

7 – Faça um teste de estanqueidade, ou seja, cubra toda a laje de água por 72 horas e observe se não haverá vazamentos de nenhum tipo, caso haja, então o jeito é voltar e começar tudo do inicio.

8 – Mas, se após as 72 horas tudo estiver a mil maravilhas, é hora da proteção mecânica, ou seja, 2 cm de argamassa, cimento e areia.

9 – Após isso feito, pronto, você agora tem uma laje impermeabilizada com manta asfáltica!

Conclusão

Como já dissemos anteriormente, o melhor tipo de impermeabilização de laje é algo subjetivo, porém nós te apresentamos acima os tipos mais comuns.

Com o auxílio de um engenheiro capacitado fica fácil definir qual o melhor tipo de impermeabilização a ser utilizado. E não se esqueça, contar com a ajuda de um profissional capacitado para realizar este tipo de serviço é essencial, afinal de contas, este definitivamente não é um serviço que você vai querer ter problemas futuros!

Texto produzido por MASTERPLATE

Por

Webjornal O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e