O início do fim? Ou clareza dos fatos?

2021 e a odisseia no espaço já começou. Vivemos de incertezas e medos. Como se não conseguimos entender as coisas? O mundo sofre as transformações e nós não nos sentimos aptos a acompanhá-la

O mundo anda tão complicado por aqui que não me surpreendo em nada com novas informações que nos tem chegado através de documentos (verdadeiros ou fake) que a internet solta a cada semana sobre vários assuntos. Não estou falando sobre política ou coisa parecida. O negócio vai muito além de nossa imaginação. Ets, Ovnis, aparições sem explicações, espíritos vistos por algumas pessoas, enfim, o que não falta é novidade.

O assunto é muito interessante e desde os primórdios da humanidade existe interesse. Pessoas acreditam em muitas coisas e por isso são taxadas como “loucas” ou simplesmente desacreditadas. Eu acredito em coisas que não podemos explicar. Acredito em teses e teorias, mas e você? Entre o céu e a terra existem coisas que nossa imaginação duvida. Não falo isso para impressionar, não, falo por acreditar que nossa mente não trabalha apenas 10% de sua capacidade. Imagina o que poderíamos com 20%?

Frequentemente vemos na internet vários vídeos sobre aparições e revelação no mínimo apavorantes. Isso mesmo. Imagens de espíritos vagando por aí, animais mutantes, histórias de seres intraterrestres que nos visitam periodicamente e até Ets que vivem entre nós em forma híbrida. Assuntos maravilhosos e que não podemos deixar de pensar pelo menos por momentos. Imagine se for verdade tudo isso ou parte disso?

Há quem acredita que as profundezas da terra guardam seres intraterrestres que nos visitam de vez em quando

A verdade é que existem vídeos que nos trazem verdades. Histórias e monumentos perdidos, civilizações esquecidas, a natureza por aqui ainda é desconhecida em sua maioria por nós. Existem animais que ainda não tivemos o prazer de conhecê-los e outros que nunca ouvimos falar. Fala-se em armações, postagens mentirosas, etc. O que não sabemos é quão mentirosas realmente são, se é que são. Será que os governos realmente querem nos poupar desse conhecimento? Será que os antigos astronautas são a chave de tudo?

Alguns assuntos que me chamaram a atenção foram: Os 200 anjos caídos na Antártida, anjos capturados por câmeras, visão de espíritos, animais mutantes, a nova ordem, vídeos fantasmagóricos que metem medo, o segredo que existe no lado negro da lua, entre tantos outros. Existem os que acreditam que estamos dentro de uma matrix. Já imaginou se for verdade? Como eu disse, eu não duvido de mais nada. O mundo através da tecnologia mudou ou apenas atualizou. Questionamentos todos os dias transbordam de nós como válvulas de escape para o conformismo e a obediência.

Levantar, tomar o café e ir trabalhar. Voltar para a casa, jantar, ver TV com a família e depois dormir para estar pronto para o dia seguinte sempre foi nossa filosofia de vida moderna e feliz. Um fim de semana na praia ou no interior fazia parte do sonho de consumo da família modelo. Isso tudo acabou com a chegada da globalização e tecnologia digital. Bacana o desenvolvimento e as mudanças que ela trouxe. Mas será que estamos prontos para tudo isso? Não tenho certeza. A única certeza que tenho é que hoje o mundo é outro e ainda virão muitas surpresas que tenho receio de a população não conseguir absorver.

Para muitos a Nova Ordem está em curso e promete mudar o planeta

Vou tentar na medida do possível falar um pouco de cada assunto que hoje povoa nossas mentes e nos enche de perguntas sobre o que esperarmos de tudo isso. A vida segue seu fluxo com ou sem nossa aprovação sobre as mudanças que ela nos fez. Resta-nos tentar caminhar a passos largos sem nos esquecermos de que é preciso buscar o conhecimento sobre tudo. É a nossa chance de sobreviver a tudo que estamos presenciando no planeta.

Não podemos deixar as verdades lá fora. É natural que a dúvida e a incerteza não nos deixe programar nossa mente para a amplitude de ideias e verdades. Afinal, como disse antes, usamos menos que 10% de nossa capacidade mental. A não ser que você seja um Et, um híbrido ou um intraterrestre que vive entre nós, você também vai precisar abrir sua mente para o novo. E ele já chegou.

Por

alexandre.mauro@oestadorj.com.br

Jornalista e comentarista esportivo. Moro em Niterói há 22 anos. Fã de cultura e esportes. Ex-editor em jornais na cidade do Rio de Janeiro. Atualmente me dedico à interatividade cultural. Acredito na importância da divulgação por todos os meios da cultura nesse país.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e