Nova identidade terá formato digital

O documento poderá ser acessado na plataforma Gov.br. Porém, o documento impresso continuará sendo o principal

O governo anunciou nessa quarta-feira (23) a nova carteira de identidade digital. Mas o brasileiro não vai precisar sair correndo para trocar o documento. É o que garantiu o secretário especial de Modernização do Estado, Eduardo Gomes na entrevista ao programa A Voz do Brasil dessa quinta-feira (24).

Segundo ele, a carteira atual terá validade de 10 anos e os institutos de identificação terão prazo de um ano para se adequar tecnicamente à nova situação.

“É um processo lento, gradativo, sem trauma para a população”, disse.

O secretário disse que a mudança para um número único deverá conferir mais segurança e evitar as fraudes que acontecem hoje em dia.

Segundo Gomes, o cidadão não terá de pagar nenhuma taxa. O documento também terá formato digital que poderá ser acessado na plataforma Gov.br. Porém, o documento impresso continuará sendo o principal.

“Hoje em dia nem todos os brasileiros possuem smartphone para que possam ter essa identidade digital. É uma identidade cidadã, inclusiva.”, disse.

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e