Nessa vida tudo passa. Até uva passa

Uma uva passa, o doce fica. E o panetone aguarda na mesa ao lado

Começando os trabalhos dessa primeira semana do último mês do ano com um trocadilho mais que infame. Infame, mas verdadeiro. É a época em que se criam discórdias, discussões, divórcios até, pelo bom ou mau uso da uva passa pelo seu prato e paladar. Confesso que não era fã dessa fruta enquanto seca; em um momento já foi rainha apenas das minhas saladas de frutas de fim de ano, mas que assim desidratada, agora reina absoluta na minha boca.

A uva passa é, na verdade, um tipo de uva especial, de tamanho menor, que sofreu um processo de desidratação. Possuem menor formato, cor escurecida e textura enrugada. O processo natural parte da uva fresca que se coloca ao sol até desidratar. Assim diz o Google. Eu digo mais: ela é uma excelente amiga das horas de doce, quando não temos o que beliscar, é melhor amiga do panetone, é companheira do arroz e do salpicão.

Melhor que bacon na salada de frutas

Dizem que comer uva passa demais pode engordar. Claro, tudo em excesso faz mal, inclusive as 15 fatias de panetone que você comerá até o fim dessa leitura. Veja bem: caso seja ingerida de forma excessiva, a fruta seca pode promover um maior ganho de peso e causar possíveis problemas circulatórios a longo prazo. E os benefícios? Mesmo passando pelo processo de desidratação, a uva passa não perde os seus principais componentes nutricionais.

Rica em fibras, vitaminas e minerais, uma pequena porção da fruta pode ajudar a regular o intestino, fortalecer o sistema imunológico e, até mesmo, aumentar o apetite sexual. Ora, se isso não for motivo suficiente para uma belíssima noite regada a uvas passas, não imagino o que mais pode ser feito para que você, que não gosta delas – ainda – possa ao menos vê-las com outros olhos.

Pense bem: uma uva passa não muda em nada sua dieta; um punhado delas pode ao menos regular seu intestino. Dois punhados podem te dar a sensação de saciedade e não comer mais nada. Conheço amigos que poderiam colocar uva passa em tudo o que comem, e outros que não entendem essa mania de misturar doce com salgado e dizer que ficou uma delícia. Ora, tem gente que tem paladar infantil, que não mistura doce com azedo, ou que sente nojo de morte quando vê feijão misturado com banana? Você é desses? Sem problema, o mundo não pode ser perfeito, com todos comendo tudo o que você gosta e tem prazer. Melhor, assim sobra mais!

Tem inclusive quem ouça Roberto Carlos comendo uva passa, pode isso? Pode, mas não venha dizer depois que o seu intestino ficou desregrado por causa da uva. Azedo e melado não combinam. E pare de tirar as uvas passas do panetone, já inventaram o Chocotone por isso.

Novos trocadilhos aparecerão, novas discussões serão criadas, mas só na semana que vem isso vai passar.

Por

paula.toom@oestadorj.com.br

Jornalista, tradutora, revisora e redatora. Tem 3 cachorros, 3 gatos fixos e mais um monte ao seu redor. Cuida para que eles não sejam abandonados pelas sarjetas. É editora-chefe das colunas que você lê aqui.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e