Mudanças

Na vida, a única coisa permanente é a mudança.

Nada é estático, nada escapa a força da natureza.

Embora a maioria das pessoas concorde com isso, trata-se de uma concordância puramente intelectual, sem efeito prático.

Concordar que tudo está em permanente transformação e admitir a realidade disso, aprendendo a lidar com as consequências diretas e indiretas, são fatos distintos.

Normalmente, ou as pessoas sofrem com as mudanças inevitáveis decorridas do próprio fato de existir, ou lutam para manter as coisas imutáveis, como se isso fosse possível.

Em resumo, luta-se contra as mudanças ou sofre-se com elas.

Assim, a mudança, a grande realidade do mundo,  fica sendo a grande dificuldade para a maioria das pessoas.

A única dificuldade é que as coisas mudam.

Se elas não mudassem, não haveria dificuldade …

Mas o modo de enfrentar dificuldades pode ser visto como o modo de enfrentar as mudanças a que estamos permanentemente submetidos.

Na verdade, a dificuldade não está nem nas coisas, nem nas pessoas, nem nas circunstâncias à nossa volta, mas na maneira de encararmos as pessoas, coisas e circunstâncias.

Mudança é o contrário de emperramento; e ninguém é tão competente na arte do “emperramento” para ficar “emperrado”o tempo todo …

Por

* Cientista Social, Pesquisador e Consultor de Desenvolvimento Humano e Empresarial. Especilizações em Psicologia Social, Análise Transacional, Administração Mercadológica, Psicodrama e Dinâmica de Grupo. Autor de livro e de programas de treinamento comportamental, com reconhecimento científico a nível nacional.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e