Morre o cantor de blues e soul Syl Johnson, o mais sampleado de todos os tempos

Morreu nesse domingo (6), aos 85 anos, o cantor americano Syl Johnson, considerado um dos maiores nomes do blues e do soul no país e também o artista que mais teve suas músicas usadas em samples por outros músicos. A morte de Johnson aconteceu alguns dias depois do falecimento de seu irmão Jimmy Johnson, aos 93 anos, e foi confirmada pela família em comunicado à revista “Rolling Stone”. Não há informações oficiais sobre a causa do óbito.

“É com extrema tristeza que nossa família anuncia o falecimento da lenda do Hall da Fama do Soul & Blues Syl Johnson, nascido Sylvester Thompson em Holly Springs, no estado do Missisípi. Pai, irmão, avô, bisavô, tio, amigo e artista, ele viveu sua vida como cantor, músico e empresário que amava música negra”, diz o texto.

Syl Johnson fez sucesso com composições como “Is It Because I’m Black” e o cover de “Take me to the River”, de Al Green. O cantor teve trechos de suas músicas usadas em faixas de outros artistas como Kanye West, Jay-Z, Cypress Hill, Michael Jackson e Public Enemy.

Uma das canções mais sampleadas de Johnson foi “Different Strokes”, lançada em seu álbum de estreia, “Dresses Too Shor” (1968). A fama de “rei dos samples” não poupou o artista de transtornos com direitos autorais, o que desencadeou processos contra alguns dos músicos que usaram trechos de suas composições sem permissão. CNN

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e