Morre empresário João Paulo Diniz aos 58 anos

Praticante de diversos esportes, João se declarava um “esportista apaixonado”

Morreu, nesse domingo (31), o empresário e esportista brasileiro João Paulo Diniz, aos 58 anos. A informação foi confirmada pela família do empresário. A causa da morte ainda não foi divulgada.

“A família Diniz informa o falecimento de João Paulo Diniz. O empresário deixa quatro filhos e esposa. A família pede que seu luto seja respeitado neste momento difícil”, diz o comunicado.

Filho do empresário Abílio Diniz, João Paulo era fundador da empresa Componente e conselheiro da Península Participações, empresa de investimentos da família Diniz, e do Instituto Península, organização social da família que foca em melhorar a qualidade da educação brasileira.

Deu início à vida profissional como trainee no grupo Pão de Açúcar, enquanto cursava Administração de Empresas na Fundação Getúlio Vargas, em São Paulo. Após passar por todas as áreas do grupo, trabalhou por cinco anos no departamento de Planejamento Orçamentário.

Praticante de diversos esportes, João se declarava um “esportista apaixonado”. Era engajado em projetos que promoviam a profissionalização da prática esportiva, sendo um dos criadores do pacto pelo esporte, iniciativa que une empresas patrocinadoras do esporte nacional na definição de governança para patrocínios às entidades esportivas.

O empresário começou a praticar triatlo em 1986 e participou de mais de 20 maratonas desde o início dos anos 1990. A partir de então, passou a se engajar em diversas iniciativas pelo esporte.

Em uma publicação nas redes sociais no ano passado, o empresário postou um vídeo onde prestava uma homenagem a todos os ciclistas.

“Hoje é o Dia Mundial da Bicicleta, uma das minhas grandes paixões no esporte. Além disso, é um meio de transporte sustentável e que ajuda nosso planeta. A todos os ciclistas, meus parabéns. Somos apaixonados pelas duas rodas com muito orgulho!”, escreveu.

Acidente aéreo

Em 27 de julho de 2001, João Paulo sofreu um acidente de helicóptero na praia de Maresias, no litoral de São Paulo, que resultou na morte de sua namorada na época, a modelo Fernanda Vogel, e o piloto da aeronave.

O co-piloto Luiz Eduardo e João Paulo Diniz sobreviveram à queda e nadaram por mais de dois quilômetros até a praia. CNN

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e