Moro questiona empenho de Bolsonaro em lutar contra corrupção

O ex-ministro da Justiça e ex-juiz federal Sergio Moro colocou em dúvida se “estão garantidas as autonomias dos órgãos de controle” para o combate à corrupção no governo Jair Bolsonaro, criticou o presidente por “omissão” no combate à pandemia do novo coronavírus e evitou revelar se pretende se lançar candidato nas eleições de 2022.

Em entrevista por videoconferência à Agência Efe, Moro também lamentou uma “polarização política nociva” no Brasil, mas ressaltou que não acredita que o país esteja perto de uma ruptura institucional.

Por

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e