Manchester United tem um dos seus maiores ídolos de volta, mas tem ano abaixo do esperado

2021 tinha tudo para ser um dos melhores anos do Manchester United, contudo o período foi um verdadeiro banho de água fria para os ingleses. A equipe terminou a última temporada com dois vice-campeonatos, e visando as competições deste ano, reforçou-se enormemente. Para tal, o clube “repatriou” um dos seus grandes astros, Cristiano Ronaldo, e trouxe novos reforços, como Jadon Sancho e Rafael Varane. No entanto, não conseguiu apresentar os resultados esperados, e após algumas goleadas sofridas, o técnico Ole Gunnar Solskjaer acabou sendo dispensado.

Início de ano nada bom

Os Diabos Vermelhos começaram 2021 com o pé esquerdo, já que acabaram sendo eliminados da fase de grupos da Liga dos Campeões. Com isso, o que restou à equipe foi disputar a Liga Europa.

Com um elenco que conseguiu bater o Paris Saint-Germain na Champions, os ingleses eram favoritos ao título do torneio B do continente europeu. Dessa forma, até mesmo os torcedores brasileiros aproveitaram que algumas plataformas de apostas online oferecem bônus sem depósito para arriscar alguns palpites na competição. Essa promoção é um dos grandes atrativos dos sites listados no confiavel.com, e os usuários podem tirar proveito da facilidade para apostar sem precisar pôr as mãos no bolso.

Já no Campeonato Inglês, o time viu um dos seus principais rivais, o Manchester City, tomar a liderança do torneio e abrir uma larga vantagem. Dada a situação, os Diabos Vermelhos escolheram focar na Liga Europa e se contentar com o vice na Premier League. Na fase de mata-mata da competição continental, o Manchester United perdeu apenas uma partida, e bateu bons times, como Milan, Roma, Granada e Real Sociedad.

Na finalíssima, a equipe tinha pela frente o Villarreal, e os Diabos Vermelhos eram os favoritos. No entanto, dentro de campo quem saiu na frente foram os espanhóis, que abriram o placar com Gerard Moreno. Mas, logo depois o clube inglês conseguiu o empate com Cavani.

Com o empate, a partida só foi ser decidida nas penalidades, que durou por bastante tempo, já que cada time realizou dez cobranças, convertendo todas. Mas, na última batida para cada lado, o goleiro De Gea acabou desperdiçando sua chance, enquanto o arqueiro do Villarreal, Rulli, converteu a sua e garantiu o título para a equipe espanhola.

Grandes reforços, expectativa maior ainda

Tentando não repetir os tropeços da temporada 2020/21, o Manchester United escancarou o cofre e foi em busca de reforços, para Solskjaer conseguir dar continuidade ao seu trabalho e finalmente conquistar algumas taças para o clube.

Os Diabos Vermelhos contrataram Raphael Varane, vindo do Real Madrid, e Jadon Sancho junto ao Borussia Dortmund. Ambos futebolistas já faziam parte dos planos do United há algum tempo, e com as contratações a expectativa era que o time brigasse pelo título da Liga dos Campeões. Essa expectativa ficou ainda maior, quando no apagar das luzes da janela de transferências, CR7, um dos maiores ídolos do clube, disse que deixaria a Juventus. O time de Manchester não perdeu a oportunidade e acertou com o atacante, por 15 milhões de euros, uma verdadeira pechincha levando em consideração os valores astronômicos vistos no mercado europeu.

Não vingou

A junção dos nomes já citados com o elenco que vinha sendo trabalhado por Solskjaer não surtiu o efeito esperado, e com isso a equipe começou a apresentar resultados ruins tanto na Liga dos Campeões quanto na Premier League.

Para piorar a situação, a diretoria do clube contrariava as críticas dos torcedores e da imprensa, apoiando o trabalho de Solskjaer, que há tempos não dava resultados. O técnico norueguês só foi cair após uma sequência de resultados catastróficos: derrota acachapante por 4×2 para o Leicester City, uma goleada de 5×0 para o Liverpool, um tropeço frente ao Manchester City por 2×0 e surra de 4×1 para o Watford.

Com a saída de Solskjaer, quem assumiu foi o ex-volante Michael Carrick, que ficou no cargo por três jogos (dois triunfos e um empate), e o time inglês acertou com Ralf Rangnick até o final da temporada 2021/22.

Agora, Rangnick, que foi o responsável por boa parte do sucesso dos times da Red Bull, como Leipzig, Salzburg e até o Bragantino, fará um trabalho a longo prazo no Manchester United para tentar restaurar a glória do clube – que não é vista desde a aposentadoria de Sir Alex Ferguson.

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e