Mais de 45 mil empregados paralisam Codelco, maior empresa de cobre do mundo

Mais de 45 mil trabalhadores da estatal chilena de mineração de cobre Codelco, a maior do mundo, aderiram nessa quarta-feira à paralisação nacional convocada pelos sindicatos em protesto contra o fechamento da Fundición Ventanas, uma das 18 empresas que tornaram a baía de Quintero-Puchuncaví um dos lugares mais contaminados da América do Sul.

A paralisação coincidiu nesta quarta-feira com o anúncio feito pelo ministro da Fazenda, Mario Marce, da assinatura de um plano de reinvestimento que prevê a injeção de 30% dos lucros durante quatro anos e procura evitar que os trabalhadores da Fundición Ventanas percam os empregos. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e