Mães: Show de Bola

Muitas mães lutam nesta vida para dar uma boa educação aos seus filhos e lutam para não vê-los nos caminhos das drogas e nem do crime, controlam seus horários, suas amizades e locais que podem ir ou não. São mães protetoras e fazem de tudo para ver seus filhos felizes e realizados no caminho certo. O sonho de uma mãe, é ver seus filhos conquistarem seus objetivos de vida e para isso elas não medem esforços, em muitos casos são capazes de abrir mão da presença diária de seus queridos.  Então elas abrem as portas de suas casas, deixando seus filhos saírem para conquistar seus sonhos. Mas, infelizmente no caso de 10 mães, o remorso e o amargo gosto da tristeza dominam seus corações e se perguntam: “Por quê? Onde eu errei? Deveria ter deixado meu filho ir? O que eu poderia fazer para ter evitado esta perda? Muitas mães perdem seus filhos para o mundo do tráfico, da marginalidade, nós os perdemos para um sonho, para que eles pudessem realizar seus sonhos. O que fizemos de errado?”

Um incêndio na madrugada desta sexta-feira dia 08 de fevereiro deixou 10 mortos e 3 feridos no Ninho do Urubu, o Centro de Treinamento do Flamengo, na Zona Oeste do Rio. O fogo atingiu o alojamento em que vivem os atletas da base do clube. No momento em que as chamas começaram, os garotos dormiam, infelizmente 10 deles não conseguiram acordar a tempo de fugir ou reagir diante das labaredas.

Athila Paixão, de 14 anos / Arthur Vinícius de Barros Silva Freitas, 14 anos / Bernardo Pisetta, 14 anos / Christian Esmério, 15 anos / Gedson Santos, 14 anos / Jorge Eduardo Santos, 15 anos / Pablo Henrique da Silva Matos, 14 anos / Rykelmo de Souza Vianna, 16 anos / Samuel Thomas Rosa, 15 anos / Vitor Isaías, 15 anos.

Vítimas da tragédia no alojamento do Clube do Flamengo

Jovens com sonhos que estavam sendo realizados aos poucos, pois ao serem escolhidos para estar na Sub15 gerava uma expectativa enorme na cabeça deles, já era o princípio de uma conquista, visto que muitos dos jogadores de ponta hoje, vieram do mesmo lugar de onde eles estavam. E, de acordo com vários comentaristas e profissionais da área do futebol, eram meninos que jogavam bem e com certeza iriam ser bons jogadores e prósperos na carreira.

Fatalidade, negligência ou destino?

Pais, avós, irmãos, familiares em geral consentiram que estes jovens meninos pudessem deixar suas casas e então viverem no Clube (Concentração) para se dedicarem com mais intensidade aos seus projetos de se tornarem melhores jogadores. Mas, o jogo da vida elaborou uma surpresa nada agradável para estes familiares que abriram as portas de suas casas, deixando seus filhos, netos, irmãos, saírem para uma realidade não esperada.

Com toda certeza, a culpa não é das famílias e muito menos das mães que abriram mão de seus filhos para o futebol, elas apenas abriram uma oportunidade de deixarem seus filhos livres para voar nos campos e nos estádios da vida.

Peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli, disseram que um curto-circuito no ar-condicionado pode ter sido um do motivos do incêndio no CT do Flamengo, em Vargem Grande. A Prefeitura do Rio afirmou que o dormitório que pegou fogo no Ninho do Urubu não tem licença municipal. “A área de alojamento atingida pelo incêndio não consta do último projeto aprovado pela área de licenciamento, no dia 5 de abril de 2018, como edificada”, diz em nota.

“No projeto protocolado, a área está descrita como um estacionamento”, frisa a prefeitura. O município informou que a atual licença do CT tem validade até 8 de março deste ano e que “não há registros de novo pedido de licenciamento da área para uso como dormitórios”. “Por determinação da legislação em vigor, a coordenação de licenciamento informa que só há inspeção neste tipo de edificação em casos de denúncia”, acrescenta. A Prefeitura vai determinar a abertura de um processo de investigação para apurar as responsabilidades.

Então, muitas destas famílias se questionam: foi uma fatalidade, uma negligência ou destino? Onde está o culpado pela perda destes jovens que apenas brincavam um com o outro dentro deste alojamento, mas que tão seriamente planejavam entre eles serem bons jogadores e mudarem suas histórias levando a alegria e vida nova para suas mães. Onde está o culpado?

Uma das declarações ditas por um dos jovens a sua mãe foi: “mãe, vou te dar uma casa para vivermos melhor, vou te dar uma vida boa.” E em lágrimas sua mãe na entrevista ao repórter de uma emissora de TV disse: “se eu soubesse que este sonho tivesse o preço da vida dele, jamais o teria deixado sair do nosso barraco.”

Pergunto novamente aqui na matéria: de quem foi a culpa desta tragédia? De quem foi a culpa destes jovens terem dormido para um pesadelo sem volta? Ou não teve culpados? Apenas estamos tentando dar uma desculpa para a morte? Foi o destino que interrompeu os sonhos de 10 meninos de chutarem bola ao gol e ganharem o campeonato da vida?

Com certeza não foi culpa destas mulheres que apostaram na felicidade dos filhos e os deixaram ir na direção dos seus próprios desejos, elas sabiam que eles poderiam ser prósperos, serem bons homens com grandes conquistas, eles poderiam ir muito longe. E garanto que todas delas, não estavam preocupadas em uma vida melhor para si mesma, mas estavam dispostas em ver seus filhos na estrada preparando o futuro deles com a família que poderiam construir.

Fica aqui nosso pesar a estas mães e aos familiares destes jovens que com certeza sempre serão atletas no coração de uma nação que estava torcendo por bons profissionais no futebol.

E que haja Justiça para quem falhou! E se foi falha técnica ou humana, o responsável precisa ser punido ao rigor da Lei. E que estas famílias possam ser assistidas pelo Clube e ressarcidas devidamente. A vida dos meninos não voltam mais, mas uma punição evitará que outras tragédias aconteçam, ao menos é o que a gente espera. Lembrando que ultimamente o nome tragédia tem substiuído o nome de Crime. Tragédia anunciada é crime!

Mães, você foram e sempre serão: Show de Bola!

Eu acredito em vocês!

Por

* Radialista, Fotógrafa e Palestrante Motivacional.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e