Maduro diz que observadores em eleições eram “espiões” da União Europeia

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, afirmou neste domingo que os integrantes da missão de observação da União Europeia (UE) vieram espionar para o bloco comunitário, para acompanhar as eleições municipais e estaduais do país. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e