Macron descarta governo de unidade e buscará pactos com outros partidos

O presidente da França, Emmanuel Macron, descartou nessa quarta-feira a formação de um governo de unidade nacional para enfrentar a divisão parlamentar que surgiu após as eleições legislativas do último domingo e apelou às coalizões ou pactos específicos para avançar o país.

Em discurso televisionado à nação, Macron reconheceu o avanço da abstenção e a “nova” divisão do Legislativo, que priva seu partido de maioria absoluta para aplicar seu programa, mas pediu “uma maioria mais ampla e clara para agir”. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e