Líder de partido espanhol pede aliança contra “populismo” na América Latina

O presidente do Partido Popular da Espanha (PP) e líder da oposição ao atual governo do país, Pablo Casado, lamentou nesta terça-feira, em Buenos Aires, a expansão do “populismo” na América Latina e pediu a construção de uma “aliança de projetos políticos centrados, moderados e reformistas” na região para combatê-lo.

Em discurso durante um evento no Clube Espanhol da cidade, que contou com a presença, entre outras personalidades, do ex-presidente argentino Mauricio Macri (2015-2019), Casado enfatizou que o populismo “não pode ser combatido com mais populismo, nem com mais extremismo”, mas com políticas baseadas em princípios liberais e conservadores. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e