Justiça do Reino Unido decide em favor de Guaidó em caso de ouro da Venezuela

O Tribunal Superior de Londres decidiu nesta sexta-feira em favor do conselho do Banco Central da Venezuela (BCV) que foi nomeado por Juan Guaidó, líder opositor ao governo de Nicolás Maduro, no caso da disputa pelo controle do ouro venezuelano depositado no Banco da Inglaterra.

Após um julgamento de quatro dias que terminou em 18 de julho, a juíza Sara Cockerill, da divisão Comercial da corte, considerou que ela não pode manter as decisões do Tribunal Supremo de Justiça da Venezuela (TSJ) que anularam as nomeações de Guaidó para esse conselho, já que não há base legal no Reino Unido para fazê-lo. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e