Juíza argentina acusa ex-ministro espanhol por mortes na década de 70

A juíza argentina María Servini emitiu uma acusação contra o ex-ministro espanhol Rodolfo Martín Villa – um importante político na transição da ditadura para a democracia – pela morte de várias pessoas entre 1976 e 1978, durante o seu tempo como ministro do Interior, confirmou neste sábado à Agência Efe o porta-voz de uma das associações promotoras do chamado “processo argentino”.

Este processo foi promovido no país sul-americano a partir de 2010 por vários grupos e familiares de vítimas da guerra civil e da ditadura espanhola para investigar supostos crimes contra a humanidade que não são investigados na Espanha. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e