Instituto Cervantes tem expectativa por retorno da Lei do Espanhol no Brasil

O diretor do Instituto Cervantes, Luis García Montero, afirmou nesta segunda-feira que o Brasil deveria analisar a possibilidade de reintroduzir a chamada Lei do Espanhol, que obrigava as escolas do país a oferecer o ensino desse idioma.

“Comemoraríamos enormemente se a política brasileira voltasse a repensar a utilidade da Lei do Espanhol”, disse em entrevista à Agência Efe o poeta e ensaísta espanhol, que está à frente do Instituto Cervantes desde 2018. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e