Índice de pobreza urbana na Argentina chega a 42% no 2º semestre de 2020

O índice de pobreza na população urbana da Argentina ficou em 42% durante o segundo semestre do ano passado, 1,1 ponto percentual acima da taxa registrada no primeiro semestre de 2020.

Em relatório divulgado nesta quarta-feira, o Instituto Nacional de Estatística e Censo (Indec) informou que o índice de indigência foi de 10,5% das pessoas no segundo semestre do ano passado, mantendo-se assim inalterado em relação à taxa registrada nos primeiros seis meses de 2020. EFE

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e