IBGE: mulheres engravidam cada vez mais tarde no Brasil

Por causa da pandemia de Covid-19, muitas mulheres estão adiando os planos para uma gravidez

De acordo com um levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as mulheres têm engravidado cada vez mais tarde no Brasil. Nos últimos 10 anos, o aumento na faixa etária que vai dos 35 aos 39 anos foi de 63%, enquanto a taxa de nascimentos entre mães com até 19 anos caiu 23% no mesmo período.

Por causa da pandemia de Covid-19, muitas mulheres estão adiando os planos para uma gravidez. De acordo com a ginecologista Fernanda Valente, o congelamento de óvulos tem sido uma opção muita procurada para quem quer ter filhos mais tarde. 

“A procura do procedimento vem aumentando nos últimos anos, mas desde 2020, com o começo da pandemia, percebemos esse um crescimento mais evidente”, diz a médica

O congelamento de óvulos não é barato e pode custar cerca de R$ 20 mil. Além disso, ainda é preciso pagar uma manutenção, que gira em torno de R$ 1.400 por ano.

No entanto, essa foi a opção escolhida pela consultora de seguros Mariáh Palácios Rodrigues para engravidar no futuro. “Eu me questionava se iria ser mãe ou não e com o tempo veio esse desejo”, afirma.

“Mas eu sempre fui muito focada na minha carreira e sinto que ainda não é o momento”, completa. 

CNN

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e