Guerra na Ucrânia já matou 5 jornalistas, segundo Repórteres Sem Fronteiras

A organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF) informou nesta terça-feira que cinco jornalistas morreram na Ucrânia e nove ficaram feridos a tiro desde o início da invasão russa ao país, em 24 de fevereiro.

“Atacar jornalistas é um crime de guerra de acordo com o direito internacional. Pedimos às autoridades russas e ucranianas para que garantam a segurança no terreno”, disse Jeanne Cavelier, diretora regional para a Europa Oriental e Ásia Central, que denunciou as pressões sobre os jornalistas. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e