Governo da Alemanha admite radicalização de negacionistas no país

O governo da Alemanha admitiu nesta quarta-feira que parte do movimento contra as restrições impostas devido a covid-19 está se tornando mais radical, após da morte de um homem assassinado por outro que afirmava ódio contra as medidas.

“O cenário está ficando menor, mas o núcleo está se radicalizando”, afirmou o porta-voz do Ministério do Interior, Marek Wade, em entrevista coletiva concedida em Berlim. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e