GDF lança campanha de prevenção de suicídio de crianças e adolescentes

Dados da OMS indicam que 32 pessoas se matam por dia no Brasil. No mundo, há uma morte do tipo a cada 40 segundos

A Secretaria de Justiça e Cidadania do Distrito Federal (Sejus), através do programa DF Criança, lançou nesta terça-feira (3), a campanha Setembro Amarelo – Vamos Dar as Mãos?, com objetivo de conscientizar a sociedade sobre a depressão entre crianças e adolescentes e incentivar a percepção e o acolhimento deste público.

O projeto DF Criança tem como objetivo enfrentar a violência e o abandono de crianças e adolescentes em seu contexto familiar e social. A subsecretária de Políticas Públicas para Crianças e Adolescentes da Sejus, Adriana Faria, lembrou da importância de se escutar o público da campanha: “é uma campanha de conscientização, para ampliar a escuta de crianças e adolescentes, contra o suicídio em uma forma de abrir novos caminhos, para essas crianças e adolescentes”.

Na próxima terça-feira (10) é o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, lançado em 2003 pela Organização Mundial da Saúde (OMS). De acordo com o organismo das Nações Unidas, nove em cada dez suicídios podem ser evitados. Dados da OMS indicam que 32 pessoas se matam por dia no Brasil. No mundo, há uma morte do tipo a cada 40 segundos.

Para marcar a data, o Governo do Distrito Federal inagura, na próxima terça-feira, às 10h, o Jardim da Vida, no Parque da Cidade Dona Sarah Kubitschek. Já no domingo (15) seguinte haverá a Caminhada pela Vida, com início previsto para as 9h também no Parque da cidade.

De acordo com a subsecretária a programação do Setembro Amarelo continua ao longo do mês. “Iremos ter algumas dinâmicas socioeducativas, palestras nas escolas, a Caminhada pela Vida – aberta para toda comunidade –, além da inauguração do Jardim da Vida”.

Por

Webjornal O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.