Feliz 2020 – O ano que fará a diferença

Eis que estamos aqui de novo. Mais um ano se foi e esse com certeza não deixará saudades. Muita tragédia, coisas ruins, perdas e sofrimentos. 2020 começa com a esperança de apagar um dos anos mais emblemáticos dos últimos tempos. Espero que esse ano possamos equilibrar essa década e finalizá-la com um saldo positivo. Afinal de contas, nós merecemos dias melhores.

Ao deitar na virada do ano pedi a Deus muita saúde, paz, sucesso, prosperidade, luz para meus pensamentos… Pedi também que olhasse para os mais necessitados e doentes que estão nesse momento em uma cama de hospital.

Pedi que os homens fossem mais tolerantes com seus semelhantes, que evitassem guerras, discórdias e que maltratassem menos a natureza já em estado crítico pelas próprias mãos dos homens. Pedi amor, muito amor no coração de todos. Que possamos ser mais caridosos. Que amemos nossos inimigos desafetos. Que amemos.

Senti uma paz tomando conta do meu corpo e uma leveza na alma.
De repente me dei conta de que a cada ano as tragédias se tornam mais constantes e pedi também para que Ele olhasse mais para as pessoas que por conta de uma sociedade desigual moravam em locais de perigo eminente de desastres da natureza como também humanos, comunidades e favelas, que durante a ano se confundem fogos com tiros. Me peguei mais uma vez em emoção profunda ao perceber que somos como grãos de areias num planeta que teima em sobreviver às maldades que nós, ditos humanos e racionais, jogamos diariamente em seu solo.

Percebi que fiquei por mais de 15 minutos orando e pedindo a nosso Pai Celestial sabedoria para seguir adiante enquanto os fogos entoavam uma nuvem de trovão que a cada ano faz com nossos de bichos de estimação uma verdadeira via crucis sem limites. Coitados dos cães que sofrem muito mais com o estrondo de cada fogos no céu que nós, seres humanos. Me pergunto: para quê? Por que precisamos desses barulhos ensurdecedores que incomodam a muita gente? Sei que isso nunca vai acabar, pois os governantes ganham e muito com essa indústria. Os fogos de fim de ano geram riquezas através do turismo e isso eles não querem perder. Mas vai aqui uma ideia, já existem alguns lugares que os fogos são silenciosos. Seria uma saída para os animais e para pessoas como eu, que detestam esses fogos barulhentos e que muitas vezes lembram uma guerra.

Deixando esses parênteses para trás, voltemos aos pedidos de fim de ano. Que 2020 possa resgatar a alma e a alegria do povo brasileiro em especial que faz tempo vem sofrendo com tanto desmando e desrespeito de seus políticos. Que esse ano prefeitos e governadores deixem de olhar para si e olhem para frente, lados e costas, pois está cercado de pessoas que precisam de respeito e vontade. Às vezes penso e me pergunto por que esses homens entram na vida pública se o que eles mais fazem é ficar longe dela.
Feliz 2020 para todos e vamos juntos para mais um ano de muita paz, saúde e felicidade!

Por

Jornalista e comentarista esportivo. Moro em Niterói há 22 anos. Fã de cultura e esportes. Ex-editor em jornais na cidade do Rio de Janeiro. Atualmente me dedico à interatividade cultural. Acredito na importância da divulgação por todos os meios da cultura nesse país.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e