Federais combatem contrabando de cigarro nos estados do Sul

São 200 agentes da PF e 80 policiais rodoviários federais

Cerca de 200 agentes da Polícia Federal (PF) e 80 policiais rodoviários federais estão, desde as 7h desta quarta-feira (13), nas ruas de cidades do Rio Grande do Sul (foto),  de Santa Catarina e do Paraná para desarticular um esquema de distribuição de cigarros contrabandeados. Os alvos da operação, batizada de Humo, incluem depósitos, comércios e endereços residenciais.

Os agentes cumprem 53 mandados de busca e apreensão e 22 de prisão por contrabando, organização criminosa, corrupção de menores, lavagem de capitais e falsidade ideológica. A ação também inclui o sequestro de 32 veículos e o bloqueio de contas bancárias de 16 pessoas.

As investigações começaram a partir da apreensão de uma carga de 70 mil cigarros contrabandeados na fronteira do país, em setembro de 2017. A mercadoria seria distribuída no Uruguai, onde é vendida por valor mais alto do que o cobrado no Brasil. A partir daí, agentes começaram a mapear a rede de distribuição dos cigarros de origem paraguaia. Os principais destinos eram Porto Alegre e região metropolitana, Pelotas, Rio Grande, litoral sul do RS e cidades da fronteira com o Uruguai.

Foto: Agência Brasil

Por

Webjornal O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e