Federação PSOL-Rede oficializa apoio a Lula

Além disso, os partidos decidiram vetar a possibilidade de a federação negociar coligações estaduais com siglas que tenham relação com Bolsonaro

A federação partidária PSOL–Rede aprovou, nesta quinta-feira (09), em sua primeira Assembleia Geral Nacional, o apoio à pré-candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). As legendas também vetaram negociações de alianças regionais com partidos “que dão sustentação política” ao presidente Jair Bolsonaro (PL).

Durante a Assembleia, lideranças dos partidos apontaram que a prioridade da federação nas eleições de 2022 deve ser “derrotar Bolsonaro nas eleições deste ano e fortalecer o enfrentamento à extrema-direita”, conforme a resolução divulgada após a reunião.

“Essa unidade [entre partidos de oposição ao governo], nos últimos meses, tomou a forma de uma frente eleitoral em torno do ex-presidente Lula”, diz a nota oficial da federação presidida por Guilherme Boulos (PSOL).

Além disso, os partidos decidiram vetar a possibilidade de a federação negociar coligações estaduais com siglas que tenham relação com Bolsonaro.

Entre os mencionados pela resolução aprovada nesta quinta-feira pela federação estão PL, PP, PR, PTB, PSD, MDB, PSDB, União Brasil, Podemos, Avante e Novo.

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e