Explosões de bombas matam três pessoas em aeroporto da Colômbia

A polícia está recolhendo indícios para identificar os responsáveis, acrescentou Madarriaga

Três pessoas morreram na manhã desta terça-feira após duas explosões em um aeroporto da cidade de fronteira colombiana de Cúcuta, disseram a polícia e autoridades de segurança.

Cúcuta é a capital de Norte de Santander, uma província ao longo da divisa com a Venezuela que se tornou o novo epicentro do prolongado conflito interno da Colômbia à medida que forças de segurança combatem gangues do narcotráfico e rebeldes em meio ao aumento da produção de coca.

“Criminosos entraram no aeroporto Camilo Daza, onde detonaram um artefato explosivo entre a pista e a cerca”, disse o comandante da polícia de Cúcuta, coronel Giovanni Madarriaga, em um vídeo. “Por causa desta (explosão), houve restos mortais”.

Vários minutos depois, policiais que verificavam a área encontraram uma mala, acrescentou Madarriaga.

“Enquanto eles se aproximavam, com todas as precauções de segurança, ela explodiu”.

Os dois policiais mortos, William Bareno Ardila e David Reyes Jimenez, haviam sido reconhecidos por seu trabalho de remoção de minas terrestres, disse a polícia em mensagens a jornalistas.

A polícia está recolhendo indícios para identificar os responsáveis, acrescentou Madarriaga.

Tanto o presidente, Iván Duque, quanto o ministro da Defesa, Diego Molano, repudiaram o ataque no Twitter.

“Estamos coordenando todas as ações imediatas para encontrar os responsáveis por este ataque”, disse Duque.

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e