Exercício físico traz benefícios para gestantes

Fatores como melhor condição circulatória e hormonal tornam os exercícios físicos fundamentais na maternidade; especialista ensina quais os exercícios mais adequados

A prática de atividades físicas para as gestantes podem trazer uma série de benefícios para

Especialista ensina quais os exercícios mais adequados na gestação (Divulgação)

a saúde da criança. É o que afirma a fisioterapeuta e idealizadora do “Programa Gestante”, Ana Flávia Rangel. Os exercícios auxiliam a futura mamãe a não ganhar peso em excesso, enrijecem a musculatura, controla a ansiedade e ainda colabora para um melhor trabalho de parto e a recuperação do mesmo.

“O exercício físico bem orientado traz vários benefícios tanto para a saúde materna, quanto para o feto. Por outro lado o exercício mal orientado e feito de forma indiscriminada traz vários riscos”, explica Flávia Rangel. Hoje é quase um consenso entre os especialistas que, para se sentir bem na gestação e no parto, exercícios físicos e dieta nutritiva são muito importantes para as futuras mamães.

A especialista ainda explica que as atividades devem ser realizadas de forma cautelosa, controlando a intensidade para que as gestantes não corram nenhum risco. “Alguns benefícios que o exercício bem orientado pode trazer são a diminuição das dores, melhoramento da respiração, pressão arterial controlada e musculatura mais fortalecida, entre outros”, ressalta Flávia.

A postura da gestante é outro ponto que os exercícios podem auxiliar. “É importante tomar alguns cuidados para que as mamães não exagerem durante o esforço físico com cargas elevadas, pois a frequência cardíaca tem que ser controlada para que não fiquem demasiadamente cansadas. Isso pode atrapalhar a oxigenação do feto. Dessa maneira, conseguimos realizar atividades seguras e eficientes”, alerta.

No sexto mês de gestação, a arquiteta Susane Vieira, 28, afirma que as aulas de hidroginástica a ajudaram a se sentir mais confortável e a melhorar a pressão. “O meu estresse e ansiedade também passaram a ser mais controlados depois que comecei a praticar os exercícios físicos”, conta. Esta é a primeira gravidez de Susane, por isso, os exercícios têm a ajudado a superar a ansiedade e diminuir o desconforto.

O exercício físico bem orientado traz vários benefícios tanto para a saúde materna, quanto para o feto (Divulgação)

Ana Flávia ainda explica que quando os bebês completam três meses, já podem praticar as atividades ao lado das mamães. “O objetivo é estimular a parte cognitiva, motora e sensorial do bebê, além de incentivar a sociabilização pelo convívio com as outras crianças”, completa.

Por

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e