Ex-vereador do Rio, Cristiano Girão, é preso em São Paulo

Segundo a polícia civil carioca, as investigações apontaram o ex-vereador como mandante do assassinato do ex-policial André Henrique da Silva Souza, conhecido como Zóio, em 2014

O ex-vereador pelo Rio de Janeiro Cristiano Girão foi preso na manhã desta sexta-feira (30) em São Paulo (SP), onde mora. A ação da Delegacia de Homicidios da Capital Fluminense contou com apoio do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic-SP).

Segundo a polícia civil carioca, as investigações apontaram o ex-vereador como mandante do assassinato do ex-policial André Henrique da Silva Souza, conhecido como Zóio, em 2014. O crime teria acontecido por causa da disputa pelo poder da milícia na região da Gardênia Azul, na zona oeste do Rio.

Na época, André Henrique estava com Juliana Sales de Oliveira em um veículo quando foram interceptados por outro carro. Disparos foram feitos e o casal morreu no local. 

As investigações também apontaram que o crime foi executado por Ronnie Lessa, também acusado da morte de Marielle Franco e Anderson Gomes, em 2018. O PM reformado também foi alvo da ação desta sexta.

Eleito em 2008 como vereador do Rio de Janeiro, Cristiano Girão foi preso em dezembro do ano seguinte por formação de quadrilha e lavagem de dinheiro, por comandar a milícia da Gardênia Azul.

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e