Escola de Música Villa-Lobos promove 1º Concurso Nacional de Piano

A Cerimônia contou com grandes representantes do instrumento

Print page

A Escola de Música Villa-Lobos, um espaço da Secretaria de Estado de Cultura/FUNARJ, com apoio da Rádio Roquette Pinto apresentou seu 1° Concurso Nacional de Piano, num  evento começou no dia 25 julho e reuniu mais de 50 estudantes,que foram avaliados conforme a faixa etárias de 5 a 25 anos. O Concurso teve  objetivo incentivar novos pianistas e proporcionar o desejo de alcançar metas mais avançadas pelo contato com músicos.

Grandes nomes do Piano brasileiro estiveram presentes,  como Miguel Proença, Luiz Senise, Marcilda Clis, Maria Tereza Soares, e Marina Spoladore. A maioria dos participantes era da cidade do Rio de Janeiro.

Para uma das grandes autoridades do Piano no Brasil, a pianista e professora Marcilda Clis, promover um concurso desse porte no Rio de Janeiro, na atual crise econômica é uma grande realização. “Sempre sou convidada como jurada de concursos nacionais, nas realizações de máster classes para professores e alunos. Desde que trabalhei aqui sempre foi meu ideal realizar um concurso de piano”. A professora é responsável pela formação de músicos brasileiros reconhecidos no país e no exterior, inclusive professores da Escola de Música Villa- Lobos, como o próprio diretor Carlos Belém, além de atuar em projetos de musicalização em comunidades de risco do Rio.

De acordo com o diretor da Escola de Música Villa – Lobos, Carlos Belém, o Concurso Nacional de Piano representa uma forte política de desenvolvimento a expansão do ensino da música de concerto, que envolve, incentiva e motiva toda uma rede de agentes e atores culturais, como, músicos, professores, educadores e estudantes.

“Esse 1° Concurso Nacional de Piano da Escola de Música Villa- Lobos é uma iniciativa no sentido de revelar novos talentos musicais e divulgação do precioso trabalho dos professores de música”, ressalta o diretor, que desde o início de sua administração expôs a meta de ocupar espaços culturais da cidade com projetos musicais da Escola de Música Villa- Lobos.

A Escola de Música Villa- Lobos

A Escola de Música Villa-Lobos começou no ano de 1914, quando as irmãs Suzana, Helena e Silvia Figueiredo, com Celina Roxo, fundaram a Escola de Música Figueiredo Roxo, na Avenida Rio Branco, introduzindo no Rio a moderna técnica de ensino e execução pianística que haviam aprendido em Berlim. Afinada com a orientação que a fez nascer, a Escola de Música Villa-Lobos preserva, como imperativo vocacional, programas de atendimento de massa, visando proporcionar a oportunidade do ensino musical à população fluminense.

Seu corpo docente atual conta com cerca de 70 professores, entre efetivos e convidados, que atuam nas mais variadas áreas do ensino musical, desenvolvendo currículos tanto de formação básica, para iniciantes, quanto de formação de profissionais de nível técnico. Ao longo dos anos, este corpo docente contou com nomes ilustres, como por exemplo, Noel Devos, Paulo Moura, Paulo Fortes, Guerra Peixe, Celso Wotzenlogel, Ester Scliar e Maria José Michalsky.

A Escola de Musica Villa- Lobos é uma referência no ensino, e está presente em cinco municípios do Estado. Hoje ela integra o chamado corredor cultural da cidade do Rio de Janeiro,em um prédio de linhas arquitetônicas Arte- nouveau.

Por

Comentários estão fechados.