Em último dia do Lollapalooza Brasil, artistas protestam contra decisão do TSE e Bolsonaro

Os artistas nacionais que se apresentaram no festival optaram por ignorar a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e criticaram ativamente o presidente Jair Bolsonaro (PL)

A primeira edição do Lollapalooza Brasil desde o início da pandemia enfim acabou. Após três dias, a programação de shows foi encerrada com uma homenagem feita por vários artistas no palco principal ao baterista do Foo Fighters, Taylor Hawkins, morto aos 50 anos na última sexta-feira (25) na Colômbia.

Durante o domingo (27), que foi ameaçado por uma potencial tempestade de raios, os artistas nacionais que se apresentaram no festival optaram por ignorar a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e criticaram ativamente o presidente Jair Bolsonaro (PL). O ministro Raul Araújo do TSE havia decidido “que não se poderia criticar ou defender candidatos no festival.

O último dia de festival ameaçou repetir os piores momentos da sexta-feira. Com ameaças de raios e chuva, a programação de shows teve de ser paralisada logo no começo do dia, por volta das 13h.

Enquanto a organização orientava que todos se afastassem de qualquer estrutura metálica, os bombeiros direcionavam o público para próximo às saídas de emergência.

Durante este momento de alerta, a entrada no Autódromo de Interlagos chegou a ser fechada, e as pessoas ficaram presas na fila enquanto os primeiros pingos começavam a cair.

Felizmente, a chuva ameaçou, mas não chegou a cair com força total de fato. O alerta para raios acabou prejudicando a banda Aliados, que teve o show interrompido, além da banda Planta e Raiz e o DJ Evokings.

O rapper Rashid deveria se apresentar às 13h45 no palco principal. Seria seu retorno ao festival depois de ter seu show parcialmente cortado na edição de 2019 por uma tempestade de raios. A situação se repetiu e Rashid acabou mais uma vez não se apresentando.

No fim da tarde, o artista se pronunciou no Instagram.

“Não deu de novo família. […] Tem coisas que fogem do nosso controle e sabemos que a segurança de todos é mais importante que tudo”, escreveu.

CNN

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e