Eleitores brasileiros veem educação como saída para desemprego, diz pesquisa

O levantamento mostrou que a população eleitoral também associa boa educação a outras áreas, como renda, violência e redução da corrupção

Uma pesquisa da organização Todos Pela Educação mostrou que boa parte dos eleitores veem educação como saída para o desemprego.

Olavo Nogueira Filho, diretor-executivo da organização, disse que essa seja a principal mensagem da pesquisa.

“Uma parcela significativa enxergar muita relação entre a melhoria da qualidade da educação e o impacto em outras áreas da sociedade. Em primeiro lugar, a relação e desemprego”, afirmou.

Nogueira Filho destacou ainda que, o levantamento mostrou que a população eleitoral também associa boa educação a outras áreas, como renda, violência e redução da corrupção.

Cerca de 49% citaram a redução do número de desempregados, 40% acham que isso reduzirá a violência e 33% avaliam que trará melhoria da renda dos brasileiros.

A pesquisa mostrou que 59% dos entrevistados classificam como “muito importante” o tema Educação as propostas dos candidatos na hora de votar; 15% disseram ser “pouco importante”, enquanto para 17% o tema será indiferente nas suas escolhas em outubro.

Para Nogueira Filho, o que o eleitorado está passando é: “ainda que a educação não vá resolver todos os problemas brasileiros, sem uma educação de qualidade a gente vai ter um país mais desenvolvido, próspero e justo”, afirmou.

O diretor-executivo da ONG Todos Pela Educação destacou também que a educação está avançando no país.

“É importante a gente entender que não é um cenário de terra arrasada. A educação brasileira avançou muito, mas o fato é que a pandemia trouxe um impacto enorme. Desafios que já existiam foram amplificados. Mas a boa notícia é que educação está na pauta da população brasileira”, disse.

CNN

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e