Dólar opera em queda; Petrobras chega a subir 10% e puxa Ibovespa

Após um dia de tensão nos mercados na véspera, o Ibovespa operava em alta superior a 1% nesta terça-feira (23), puxado pelas ações da Petrobras, que tinham altas expressivas depois de caírem mais de 20% no dia anterior.

Às 13h50, o principal índice da bolsa de valores brasileira subia 1,6%, a 114.152 pontos. As açque sobem 8,16% e das ordinárias que avançam (PETR3) 6,03%.

As ações da preferenciais da Petrobras (PETR4) subiam 10%, enquanto as ordinárias (PETR3) avançavam 7,9%.

Já o dólar registrava queda contra o real logo, fazendo pausa para respirar depois dos ganhos acentuados registrados na véspera. A moeda norte-americana caía 0,5%, negociada a R$ 5,42 na venda.

Enquanto os operadores ainda monitoram com cautela os riscos políticos e fiscais do Brasil, o dólar virou e passou a cair ante o real tanto pela melhora nos mercados externos quanto por indicações de avanços nos debates sobre reformas no Brasil.

“É uma correção normal do dia de ontem, que na minha visão foi uma queda exagerada. A alta também repercute o fato de o governo afirmar veemente que não vai interferir na politica de preço”, diz Rafael Panonko, analista chefe da Toro Investimentos

Reuters

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e