Dólar cai após ata do Copom e IPCA

A inflação acelerou para 0,96% em julho e registrou o maior resultado para o mês desde 2002, mostrou o IBGE

O dólar abriu em alta ante o real nesta terça-feira (10), com investidores repercutindo a inflação acima das expectativas em julho. Logo depois, o movimento mudou e, às 15h51, a divisa norte-americana recuava 0,55%, para R$ 5,2068. 

Na B3, o Ibovespa operava em leve queda de 0,47%, para 122.443 pontos. Além de pesar no humor dos investidores a ameaça de piora dos gastos e da dívida pública — que passou a preocupar mais nos últimos dias por conta da proposta do governo de ampliar o –, o mercado repercutia a decisão do relator da Reforma do Imposto de Renda na Câmara de mudar novamente o texto a um dia da votação. 

As ações do BTG Pactual (BPAC11) subiam 2% depois que o banco registrou lucro de R$ 1,7 bilhão no segundo trimestre. 

A inflação acelerou para 0,96% em julho e registrou o maior resultado para o mês desde 2002, mostrou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo a Bloomberg, o mercado esperava, em média, avanço de 0,93%. 

O grande vilão foi a alta da energia elétrica, que, sozinha, registrou impacto de 0,35 ponto percentual na inflação de julho. 

Os investidores ainda repercutem ata divulgada nesta terça-feira (10). Nela, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central deixou claro que pretende aumentar a taxa básica de juros em mais 1 ponto percentual em sua próxima reunião, elevando a Selic para 6,25% ao ano.

No documento, o Copom mostrou preocupação com a inflação no Brasil e no mundo, mas afirma que “o segundo semestre do ano deve mostrar uma retomada robusta da atividade, na medida em que os efeitos da vacinação sejam sentidos de forma mais abrangente”.

Lá fora 

Os principais índices de Wall Street subiam nesta terça-feira, ajudados por uma recuperação nas ações ligadas ao petróleo, enquanto os investidores aguardavam a votação do Senado norte-americano sobre o amplamente esperado projeto de infraestrutura de US$ 1 trilhão.

Às 12h45 (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,45%, a 35.259 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 0,17%, a 4.439 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuava 0,42%, a 14.797 pontos.

Com o aumento constante de novos casos de coronavírus nos EUA, o progresso no pacote de infraestrutura deve ajudar a avaliar o apoio fiscal para a próxima etapa de recuperação da maior economia do mundo.

Uma retomada das fabricantes de bebidas alcoólicas ajudou os principais índices acionários da China a se recuperarem de quedas anteriores nesta terça-feira, mesmo com o ressurgimento de infecções pelo coronavírus pesando sobre o sentimento do investidor.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 1,16%, enquanto o índice de Xangai teve alta de 1,01%.

O setor de bebidas alcoólicas liderou os ganhos na parte da tarde, subindo 6,84% depois de atingir mínima de quatro meses em julho.

Isso ajudou o setor de consumo a subir 5,28%.

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e