Disputa entre traficantes deixa três mortos e seis feridos no Rio

Em meio aos confrontos, os criminosos atearam fogo a quatro ônibus, levando mais pânico aos moradores, que não puderam voltar para casa até cessarem os tiros

A disputa por território entre traficantes de duas facções rivais deixou um saldo de três mortos e seis feridos na Comunidade da Pedreira, zona norte do Rio. Os números, divulgados pela Polícia Militar e Polícia Civil, podem ser ainda maiores, pois a região é extensa e de difícil acesso. O confronto ocorreu quando um grupo de traficantes, que domina o vizinho Morro do Chapadão, decidiu invadir a Pedreira, no início da noite de quinta-feira (3).

As trocas de tiros duraram quase toda a madrugada e só pararam quando a Polícia Militar decidiu intervir, já na sexta-feira (4) de manhã. Em meio aos confrontos, os criminosos atearam fogo a quatro ônibus, levando mais pânico aos moradores, que não puderam voltar para casa até cessarem os tiros. Uma estação de metrô foi fechada, por motivo de segurança, e a circulação de trens do ramal Belford Roxo, da Supervia, chegou a ser interrompida.

Durante essa sexta-feira, foram ouvidos tiros na região, mas em pequena quantidade. De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, as escolas municipais não funcionaram, devido à sensação de insegurança no local.

O policiamento mantém-se reforçado, com equipes do 41º BPM (Irajá) e do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) atuando para estabilizar a região.

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e