Direita chilena sai derrotada das eleições regionais e municipais

A direita chilena foi a grande derrotada das eleições regionais e municipais realizadas neste domingo, paralelamente ao pleito para eleger os 155 constituintes que irão redigir a nova Constituição do país, no qual os conservadores também colheram resultados decepcionantes.

Nas eleições regionais, nas quais pela primeira vez foram eleitos os governadores dos 16 departamentos do país, apenas três candidatos obtiveram apoio suficiente para não disputar o segundo turno – todos eles de esquerda -, enquanto nas eleições municipais a direita perdeu bastante força, passando das 145 prefeituras de 2016 para 88. EFE

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e