Dilma e Grupo de Puebla repudiam “perseguição” contra Cristina Kirchner

O Grupo de Puebla, um fórum que reúne líderes progressistas da América Latina e da Espanha, emitiu nesta quinta-feira uma declaração, assinada por ex-presidentes como Dilma Rousseff, na qual manifestou “repúdio” ao que alega ser uma “perseguição” judicial sofrida pela vice-presidente da Argentina, Cristina Kirchner.

“O Grupo de Puebla lamenta e rejeita a guerra jurídica (lawfare) que está sendo travada contra a vice-presidente Cristina Fernández de Kirchner em um processo atormentado por contradições e motivado por interesses políticos obscuros de conglomerados econômicos poderosos”, afirma o texto. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e