Dicas excepcionais para comprar a Smart TV certa

Uma dica fundamental é estar atento às vantagens e desvantagens de cada eletrônico e marca

Investir em uma Smart TV é optar pela qualidade, pela tecnologia, pela imagem perfeita. E claro que com o passar do tempo, é interessante dar aquela renovada; já que a TV antiga não acompanha as novidades de definição que podemos desfrutar hoje em dia.  

Daí, surge o desafio de selecionar a melhor televisão para colocar em casa, no escritório… São tantos tamanhos e modelos variados, que a dúvida dos compradores é: qual será a Smart TV certa? 

Por isso, uma dica fundamental é estar atento às vantagens e desvantagens de cada eletrônico e marca. Assim como seu custo-benefício, afinal se trata de um investimento e tanto. São muitas as novidades nos quesitos: configuração, cores, definição, sistema operacional, polegadas e etc. 

Não perca mais tempo, veja agora mesmo as dicas excepcionais para comprar a Smart TV certa. Tenha sua paixão renovada ao vivo e a cores!!!

Atenção às orientações dos especialistas

O ponto de partida para escolher a TV ideal é ter atenção às orientações dos especialistas. Ao consultar o portal https://reviewtv.com.br/, poderá encontrar análises completas e informações imperdíveis a fim de conhecer a fundo o que cada marca oportuniza. 

Sem falar nos comparativos impecáveis que te ajudam a descobrir os principais benefícios que cada TV tem. São inúmeras listas com lançamentos, indicações e muito mais. 

Fica mais fácil encontrar o caminho quando ouvimos quem entende do assunto, não é mesmo?

Usufrua da melhor imagem

A qualidade da imagem fica responsável por uma parte da sua experiência com filmes, séries e jogos, sabia? Decidir qual Smart TV possui a melhor qualidade visual, pode ser um pouco confuso. As tecnologias são diferentes; e o mercado está a todo vapor, recheando catálogos com novas televisões de alta definição.

As TV’s em HD (High-Definition) são hoje as mais comuns, e sua definição é inferior comparada às demais. Assemelhando-se aos padrões da TV aberta; o que não é ruim, mas, básico. Veja bem, é sim uma ótima alternativa para acompanhar telejornais diários, novelas e partidas de futebol. Mas peca um pouco em games, por exemplo.

Agora, se você não quer perder nenhum detalhe, a dica é procurar por TV’s de Full HD e/ou 4K. Essas duas tecnologias vêm crescendo a cada ano e entregam perspectivas impressionantes por um preço acessível. Caracterizando-se como excelente opção para quem busca por custo-benefício.

Tipos de tela

Geralmente, os tipos de tela mais vendidos são as de LCD e LED. Ambas são feitas de cristais líquidos, porém a LED tem potência na iluminação, produzindo mais brilho e nitidez. Inclusive, são ideais na procura por economia. 

Outro destaque da Smart TV de LED (e Full HD LED) consiste na restrita ocupação de  espaço. A tela finíssima e futurística possibilita ao consumidor aproveitar a elegância de seu design como um aliado na decoração.

Por outro lado, a riquíssima tela OLED traz visuais exuberantes, contornos realísticos, vívidos. Essa tecnologia alcança níveis altíssimos de diversidade em cores, contraste e nitidez. Enquanto as de LED e LCD mostram um cinza escuro, TVs OLED exibem o que chamamos de “preto verdadeiro”. Isso porque são iluminadas por várias lâmpadas de LED que funcionam de forma independente. 

Conectividade

Outro aspecto imprescindível para comprar a Smart TV certa é sua conectividade, sua praticidade ao “conversar” com demais aparelhos. Por isso, é preciso esclarecer alguns detalhes:

  • Procure pela Smart TV que disponibiliza entradas USB e HDMI (no mínimo.

Essas duas opções permitem que você conecte pendrives e notebooks, além de outros eletrônicos úteis do dia a dia. 

  • Certifique-se da existência de Wi-fi embutido.

A conectividade com internet é importante para quase todas as funções inteligentes, como aplicativos, redes sociais entre outras coisas. Modelos mais antigos necessitam de um adaptador wireless ou conexão à cabo, configurando um gasto à parte acessórios. Logo, se dá a preferência pela Smart TV com wi-fi embutido.

Sistema Operacional

Vale a pena conferir o sistema operacional oferecido; sua funcionalidade permite caminhos mais versáteis para administrar os aplicativos. O processamento de imagens, isto é, a rapidez na troca de telas, é outro requisito a ser desenvolvido pelo sistema operacional.

No Brasil, encontramos três tipos: webOS, Tizen e Android TV.

Smart TV das marcas LG e Samsung, possuem o seu próprio sistema (webOS e Tizen, respectivamente). 

Já marcas como Sony, TCE, Philco e Philips contam com o Android TV, desenvolvido pelo Google. 

O Android TV, embora ofereça uma quantidade maior de aplicativos, não entrega a melhor fluidez de navegação. 

A webOS e a Tizen permitem maior agilidade para entrar/sair de aplicativos sem que a programação seja interrompida. O sistema operacional Tizen entrega o GameFly, uma assinatura mensal que dá acesso a dezenas de games, para jogar na própria TV.

Por

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e