Depressão após fim de relacionamento: o que fazer?

Após o término de um relacionamento, é comum que ambos tenham sentimentos como frustração, tristeza, angústia e medo. No entanto, em casos onde um dos parceiros tem tendência à depressão ou o término foi bastante complicado, é possível que ocorra a depressão após fim de relacionamento.

Quando isso acontece, os sintomas depressivos podem ser muito fortes já que o término da relação pode funcionar como um “gatilho” para a pessoa. Por isso, quem já passa por problemas emocionais como a depressão deve ter uma boa estrutura psicológica para sair de um relacionamento. 

Quando ocorre a depressão após término de relacionamento?

Qualquer pessoa pode acabar desenvolvendo a depressão após fim de relacionamento devido aos sentimentos gerados com essa situação. Contudo, é importante considerar que as pessoas mais afetadas pelo fim de uma relação são aquelas que já possuem problemas como ansiedade, síndrome do pânico, bipolaridade e depressão.

Além disso, a depressão após o término de uma relação, seja namoro ou casamento, ocorre mais frequentemente em separações onde o relacionamento era tóxico ou a pessoa tinha uma grande dependência da outra. 

Isso significa que relacionamentos abusivos, tóxicos ou com grande dependência emocional estão diretamente ligados a uma maior propensão do desenvolvimento da depressão após o fim do relacionamento. 

Maicon Paiva, que é fundador do Espaço Recomeçar e Espiritualista especializado em relacionamentos, conta que a depressão pode surgir em diferentes momentos. “Algumas pessoas sentem mais o término logo nos primeiros dias enquanto outras sofrem mais após semanas do término. Em todo caso, é preciso cuidar do psicológico para não se deixar abalar”, explica Maicon. 

Quais são os sinais de depressão após o fim do relacionamento?

Assim como a depressão causada por qualquer outro motivo, os sinais mais característicos de que a pessoa está com depressão são:

*Mudança de hábitos

*Ganho ou perda de peso

*Mudança de apetite

*Humor deprimido

*Desânimo persistente

*Sentimentos de inutilidade

*Baixa autoestima

*Tristeza incessável

*Insônia ou sono em excesso

*Fadiga acentuada

*Perda de energia

*Perda do prazer ou interesse

*Pensamentos suicidas

Lembrando que a depressão é caracterizada pela constância desses sinais. Diferente de um surto de ansiedade, por exemplo, a depressão não ocorre de forma aguda. Ela se mantém ao longo do tempo, muitas vezes de forma silenciosa, levando as pessoas ao abismo. 

Como tratar depressão após fim de relacionamento?

Evitar a depressão após o fim de um relacionamento é a melhor forma de se ver livre desse mal. Contudo, nem sempre é fácil evitar a depressão, já que muitas situações contribuem para uma tendência ainda maior a desenvolver essa doença. 

Sendo assim, quem já está passando por essa situação deve procurar ajuda médica, afinal, a depressão é algo muito sério que deve ser tratada por profissionais capacitados. A pessoa com depressão pode recorrer a um psicólogo ou psiquiatra para receber as melhores orientações. 

Contudo, há algumas coisas que a pessoa com depressão pode fazer para auxiliar no tratamento orientado pelo médico. Veja a seguir algumas dicas de como lidar com a depressão após fim de relacionamento:

*Fale sobre suas emoções, coloque para fora aquilo que você está sentindo, como raiva, tristeza, rancor, mágoa e todos os sentimentos que estão dentro de você.

*Procure ter boas noites de sono, com qualidade, controle a hora de dormir e de acordar.

*Pratique meditação guiada, sozinho ou o mindfulness em seu dia a dia.

*Faça atividades físicas como uma caminhada, corrida, bicicleta ou esporte que você goste.

*Não se isole, mesmo que você não tenha mais interesse em estar com amigos ou familiares. O contato com outras pessoas é muito importante.

Como evitar a depressão no término da relação?

Para evitar a depressão no término da relação, Maicon orienta que é preciso ter uma boa estrutura psicológica para lidar com a separação. “Quem é bastante dependente na relação acaba sofrendo mais. Por isso, ser independente em todos os aspectos auxilia para que a pessoa não caia em depressão se houver uma separação”, conta Maicon. 

Quando uma pessoa depende da outra emocionalmente, sente maior dificuldade em aceitar o fim da relação. Para essa pessoa, o fim da relação parece uma perda incessável, uma espécie de luto interminável. Isso porque a pessoa deposita toda a sua felicidade no outro. Quando a relação chega ao fim, ela não vê mais nenhuma possibilidade de ser feliz novamente. 

Segundo Maicon Paiva, um relacionamento saudável também pode chegar ao fim por inúmeros motivos. Mas quando isso acontece, o casal consegue lidar melhor com a separação. “Quando um relacionamento saudável chega ao fim, o casal tem maturidade suficiente e independência emocional para lidar com o término. Isso evita que uma das partes caia em depressão”, explica o Espiritualista. 

Como voltar a ser feliz no amor?

Em qualquer separação, após o término parece que você nunca mais será feliz no amor. Logo que a relação chega ao fim a pessoa se sente frustrada, triste e como se tivesse perdido parte da sua esperança em acreditar na própria vida amorosa. Isso é comum e normal. 

No caso de quem desenvolve a depressão após fim de relacionamento, acreditar no amor parece impossível. Mas então como voltar a ser feliz no amor após uma separação tão dolorosa? Maicon conta que é possível ser feliz no amor novamente, mesmo aqueles que passarão por uma relação difícil como um relacionamento abusivo, por exemplo.

No Espaço Recomeçar, Maicon Paiva realiza Trabalhos Espirituais que auxiliam as pessoas a encontrar a felicidade no amor novamente. A Amarração Amorosa Forte é um exemplo de trabalho realizado por Maicon Paiva que visa trazer felicidade para a vida amorosa de uma pessoa.

Maicon conta que a Amarração já ajudou muitas pessoas a encontrar a felicidade amorosa. “Nós já ajudamos muitas pessoas a encontrar um novo amor, a salvar relacionamentos, a acreditar no amor novamente, entre outras situações. Em alguns casos, também realizamos a Limpeza Espiritual e fazemos trabalhos para abrir caminhos para que o amor chegue novamente até o consulente”

Portanto, se você está sofrendo por amor, agende sua Consulta Espiritual no Espaço Recomeçar e volte a ser feliz novamente. A Ajuda Espiritual também é importante para quem passou por um problema amoroso e quer recuperar a esperança no amor de novo. 

Visite as Redes Sociais do Espaço Recomeçar: instagram.com/EspacoRecomecar e facebook.com/EspacoRecomecar

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e