Cruzeiro tem ano ruim em 2019

O ano do Cruzeiro em 2019 foi um ano para se esquecer. A poucas rodadas do fim, o time patina no Brasileirão e tem risco de mais de 20% de rebaixamento para a série B. 

Lembrando que Cruzeiro, São Paulo, Santos e Flamengo são os únicos times do futebol brasileiro que nunca foram rebaixados. 

O Cruzeiro também perdeu, nesse ano, outro recorde que tinha em campeonatos de pontos corridos: era o time que mais havia feito gols. Mas perdeu o posto para o Santos. Antes do início do Brasileirão, a vantagem do Cruzeiro era de dois gols a mais que o Santos, que agora ostenta o primeiro lugar. 

O Cruzeiro também perdeu para o time santista em número de pontos somados. O time mineiro era vice-líder nessa categoria, mas agora ocupa o terceiro lugar. O líder absoluto nessa categoria é o São Paulo. 

O excelente aproveitamento do Flamengo no Campeonato Brasileiro de 2019 fez com que o Cruzeiro perdesse o posto de melhor aproveitamento, já que o Flamengo tem, até o momento, aproveitamento de mais de 80% dos pontos disputados, porcentagem maior do que a que o Cruzeiro tinha do campeonato de 2003, quando foi campeão. 

O Cruzeiro em 2019 estabeleceu recorde de empates, sobretudo como mandante. Dos 14 pontos obtidos em empate, 7 foram em casa. 

Retrospectiva de 2019 

O ano não foi bom, mas começou animador para o Cruzeiro. 

Afinal, o time iria disputar o Campeonato Mineiro, Copa do Brasil, Copa Libertadores e o Campeonato Brasileiro. 

Se o time não foi recheado de estrelas, esperava-se um desempenho melhor do elenco. 

Campeonato Mineiro 

Na fase classificatória, o rival Atlético terminou como líder e três pontos a mais que o Cruzeiro. Em seguida, ocorreram as etapas decisivas. O Cruzeiro venceu o Atlético por 2×1 na primeira partida e empatou em 1×1 na segunda, sagrando-se Campeão Mineiro de 2019. 

Infelizmente os campeonatos regionais apresentam pouca importância para o torcedor, sobretudo o cruzeirense, que almejava títulos de maior expressão no ano. 

Libertadores 

O Cruzeiro classificou-se em primeiro lugar na fase de grupos, em um grupo com Emelec, Deportivo Lara e Huracán. O torcedor ficou bastante animado com o desempenho da equipe na primeira fase do torneio continental. 

Nas oitavas de final, o time caiu com o River Plate, da Argentina, time esse que está na final da Libertadores com o Flamengo. 

No agregado, os placares terminaram empatados e a decisão foi para os pênaltis. Para tristeza da torcida mineira, o Cruzeiro foi eliminado e o River Plate seguiu na competição. 

Copa do Brasil 

O time do Cruzeiro iniciou a Copa do Brasil já nas oitavas-de-final contra o Fluminense, do Rio de Janeiro. 

O time novamente ficou em placares empatados e seguiu para disputas de penalidades. Desta vez, o time sagrou-se vencedor e seguiu adiante no torneio, para enfrentar seu rival, o Atlético. 

No primeiro jogo contra o Atlético, o time fez um placar arrasador de 3×0, o que garantiu tranquilidade para o jogo de volta. 

No jogo de volta, o Atlético abriu 2×0 e até chegou a ameaçar a classificação cruzeirense. Porém o Cruzeiro seguiu na competição. 

Desta vez, o confronto seria contra o Internacional de Porto Alegre. Já na primeira partida, o Internacional venceu o Cruzeiro, jogando no Mineirão e confirmou sua classificação com sonoros 3×0 no Beira-Rio. 

Com isso, o Cruzeiro se despedia da Copa do Brasil e só teria agora o Brasileiro para se concentrar. 

Campeonato Brasileiro 

O time cruzeirense iniciou o campeonato brasileiro já perdendo na primeira rodada para o Flamengo, demonstrando que esse não seria um campeonato fácil para o time de Minas Gerais. 

O Cruzeiro teve alguns bons momentos no campeonato, como por exemplo, nas vitórias contra o Santos e São Paulo. 

Mas empatou muitas partidas e perdeu algumas, em casa, para times na zona do rebaixamento, como por exemplo no 2×1 para Chapecoense no estádio da Independência. 

O rival Atlético também venceu o Cruzeiro na 13º rodada. 

O aproveitamento do Cruzeiro no Brasileirão é de 45,83%, o pior desempenho até agora no campeonato de pontos corridos. 

O time ainda luta para escapar do rebaixamento e tem alguns poucos pontos para escapar de vez da degola. 

Resta ver como o ano de 2019 vai efetivamente terminar para o Cruzeiro, se na série A ou B. 

Por

Webjornal O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e