Copa do Brasil: Flamengo derrota Atlético-MG e chega às quartas

Agora o Flamengo enfrenta o Coritiba no sábado (16) no Mané Garrincha. Um dia depois o Galo visita o Botafogo no Nilton Santos

Sob o comando do uruguaio Arrascaeta, o Flamengo derrotou o Atlético-MG por 2 a 0, na noite dessa quarta-feira (13) no estádio do Maracanã, e se garantiu nas quartas de final da Copa do Brasil. Com este resultado o Rubro-Negro reverteu a vantagem do Galo, que triunfou por 2 a 1 na ida.

Empurrado por mais de 68 mil torcedores o Flamengo pressionou muito o Atlético-MG desde o primeiro minuto de jogo. E a primeira oportunidade do Rubro-Negro saiu logo aos 2 minutos, quando Filipe Luís recebeu na esquerda e cruzou para a área, onde Pedro emendou uma bicicleta para fora.

Dois minutos depois a equipe da Gávea chegou novamente com liberdade pela esquerda, mas desta vez com João Gomes, que rolou para Gabriel Barbosa bater para defesa de Everson. E o goleiro atleticano voltou a fazer uma boa defesa aos 12 minutos, quando Arrascaeta recebeu na direita, cortou para o meio, se livrando de dois marcadores, e bateu de esquerda.

Mas a oportunidade mais clara foi criada aos 37 minutos. Rodinei recebeu na intermediária e cruzou para Pedro, que cabeceou com perfeição para defesa de Everson. E a primeira oportunidade clara do Galo, que se preocupava mais em se defender, saiu apenas aos 39, com cabeçada perigosa de Jair após cobrança de escanteio.

E, de tanto tentar, o Flamengo conseguiu abrir o placar um pouco antes do intervalo, já aos 45, quando Pedro ganhou do volante Allan no corpo e tocou em profundidade para Arrascaeta, que ganhou na corrida de Nathan Silva e bateu na saída de Everson.

O Atlético-MG começou a etapa final com uma postura diferente, tentando igualar as ações. E logo no primeiro minuto Nacho achou Hulk na área, que bateu para fora. Mas o Rubro-Negro era mais eficiente e conseguiu ampliar aos 18 minutos.  Everton Ribeiro cobrou falta na área, Thiago Maia desviou e Arrascaeta apareceu na segunda trave para, de peixinho, marcar pela segunda vez na partida.

A missão do Flamengo ficou mais simples aos 32 minutos, quando Junior Alonso parou contra-ataque perigoso de Marinho com falta e acabou expulso após receber o segundo cartão amarelo na partida.

Mesmo com um jogador a menos o Atlético-MG continuou pressionando, mas o Flamengo conseguiu segurar o resultado até o fim.

Após a partida decisiva pela Copa do Brasil, o Flamengo enfrenta o Coritiba no sábado (16) no Mané Garrincha. Um dia depois o Galo visita o Botafogo no Nilton Santos.

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e