Congonhas volta a funcionar com auxílio de instrumentos

Mau tempo provocou cancelamento de 12 voos e atraso em outros 28

Depois de passar a manhã fechado devido ao forte nevoeiro que atingiu a capital paulista nesta quarta-feira (15), o Aeroporto de Congonhas voltou a operar com auxílio de instrumentos. A neblina prejudicou a visibilidade, houve restrição para pousos, mas as decolagens foram feitas normalmente.

Segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) dos 75 voos programados, 12 foram cancelados e há 28 atrasados, no momento.

O Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE) informou que a temperatura média na madrugada foi de 11,8º. A passagem de uma frente fria pelo litoral do estado deixou o tempo fechado, com muitas nuvens e curtos períodos de sol. A temperatura máxima deve ficar em 19°C e as taxas de umidade, mais elevadas, acima dos 58%. No fim da tarde e durante a noite, há probabilidade de garoa fina ocasional em alguns bairros da cidade.

Segundo as previsões, na quinta-feira (16) o tempo fica mais fechado, com curtos períodos de sol e chuviscos ao amanhecer e no fim da tarde. A quantidade de nuvens inibe a elevação das temperaturas, que devem variar entre mínima de 12°C e máxima de 18°C. A sensação será de frio no decorrer do dia, em função dos ventos úmidos que sopram do mar em direção ao leste paulista. A qualidade do ar melhora um pouco e os índices de umidade variam entre 62% e 95%.

Por

Webjornal O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e