Conflito com Boko Haram matou mais de 320 mil crianças na Nigéria, diz ONU

O conflito desencadeado há 12 anos pela violência do grupo jihadista Boko Haram no nordeste da Nigéria causou a morte de cerca de 324.000 crianças menores de cinco anos, a maioria delas por doenças ou desnutrição, segundo um relatório do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

O estudo, enviado hoje à Agência Efe pelo escritório nigeriano do PNUD, indica que o jihadismo causou diretamente a morte de 35.000 pessoas nos estados de Borno, Adamawa e Yobe “como resultado de batalhas ou violência unilateral desde 2009”. EFE

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e