Começa o Mutirão de negociação de dívidas financeiras

Para iniciar a negociação de uma dívida em atraso, o devedor deve realizar o registro na plataforma consumidor.gov.br

Começa nesta segunda-feira (1º) o Mutirão da Negociação de Dívidas e Orientação Financeira, promovido pelo Banco Central (BC) em parceria com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) e o Senado Federal.

A ação ocorre até o dia 30 de novembro, e é voltada para pessoas físicas com dívidas em atraso com instituições financeiras cujas modalidades não contemplem bens como garantia do empréstimo.

Para iniciar a negociação de uma dívida em atraso, o devedor deve realizar o registro na plataforma consumidor.gov.br.

Em seguida, é preciso escolher a instituição com a qual deseja negociar e relatar o caso. O banco tem prazo de até 10 dias para analisar a solicitação e apresentar uma proposta ao devedor.

O BC também informa que foi desenvolvida uma página específica (mutirão.febraban.org.br) em que o devedor poderá descobrir quais são suas dívidas, se vale a pena participar do mutirão e a parcela do orçamento que poderá ser destinada ao pagamento na negociação.

O BC afirma ainda que o Mutirão é uma das iniciativas do acordo de cooperação técnica assinado com a Febraban para desenvolver ações coordenadas de educação financeira, tema que faz parte da Agenda BC#. CNN

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e