Colômbia é condenada na CorteIDH por violações de direitos de jornalista

A Corte Interamericana de Direitos Humanos (CorteIDH) condenou nesta segunda-feira a Colômbia por diversas violações aos direitos humanos da jornalista Jineth Bedoya, que foi vítima de sequestro, tortura e violência sexual durante o exercício da profissão, em 2000.

“O Estado da Colômbia é responsável internacionalmente pela violação dos direitos e da integridade pessoal, liberdade pessoal, honra, dignidade e liberdade de expressão em detrimento da jornalista Jineth Bedoya Lima, como resultado dos fatos ocorridos em 25 de maio de 2000, quando ela foi interceptada e sequestrada na porta da penitenciária La Modelo por paramilitares e submetida a um tratamento vexatório e extremamente violento, durante o qual sofreu graves agressões verbais, físicas e sexuais”, diz a sentença.

Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e