China sinaliza que quer retomar negociações com os EUA

O vice-ministro do Comércio da China, Wang Shouwen, deverá ir aos Estados Unidos (EUA) nos próximos dias para conversar com o subsecretário do Tesouro norte-americano, David Malpass.

A disposição é para retomar o diálogo, na tentativa de reverter a imposição de sobretaxas a produtos chineses importados pelos EUA. A iniciativa interrompeu as negociações bilaterais.

O encontro marcará as primeiras negociações comerciais desde que o secretário de Comércio dos EUA, Wilbur Ross, e o vice-primeiro-ministro chinês, Liu He, estiveram reunidos, no mês passado, em Pequim.

As negociações bilaterais oficiais foram suspensas devido à recente imposição de tarifas sobre importações chinesas, no valor de US$ 34 bilhões. No caso da China, atinge 818 produtos, a maioria de mercadorias tecnológicas e industrializadas.

A partir do dia 23, os Estados Unidos e a China devem impor taxas adicionais sobre importações, no valor de US$ 16 bilhões para ambos os lados.

*Com informações da NHK, emissora pública de televisão do Japão

Por

Webjornal O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e