China e EUA: o impacto da pandemia sobre a disputa por hegemonia

Há um consenso entre os analistas, no entanto, que essa é uma disputa que veio pra ficar

A pandemia do coronavírus ocorre numa época em que a China desafia o status de potência hegemônica global dos Estados Unidos. Ironicamente, uma trégua na guerra comercial havia sido decretada em dezembro, pouco antes do surto. A China tinha se comprometido a aumentar a importação de produtos americanos. 

Assim como na guerra comercial, a disputa com relação à pandemia tem idas e vindas. Ao longo de três meses, o presidente Donald Trump insistiu em culpar a China. Já a imprensa oficial chinesa veiculou teorias de que o vírus teria sido criado pelo Serviço Secreto americano. Houve uma nova trégua, depois de uma conversa telefônica entre os presidentes Trump e Xi Jinping.

Há um consenso entre os analistas, no entanto, que essa é uma disputa que veio pra ficar. Seja no comércio, na tecnologia do 5G ou até no surto inesperado de um novo vírus. CNN

Por

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e