Chefe das Forças Armadas do Sudão revela paradeiro de premiê e nega sequestro

O general Abdelfatah al Burhan, chefe das Forças Armadas do Sudão, revelou nesta terça-feira o paradeiro do primeiro-ministro do país, Abdalla Hamdok, que foi detido ontem, logo depois do golpe que destituiu o chefe de governo.

“Ninguém o sequestrou, nem o agrediu. Ele está na minha casa”, disse Al Burhan, em entrevista coletiva concedida em Cartum. Efe

Por

contato@oestadorj.com.br

Webjornal Oerj - O Estado RJ > No ar desde 28/05/2007 > Promovemos o Projeto Futuro Jornalista.

Comentários estão fechados.

http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e