São Paulo

Metrô-SP continua lotado mesmo na Fase Vermelha

Depois de passar pela Fase Emergencial, o estado de São Paulo entrou, na última segunda-feira (12) na Fase 1-Vermelha do Plano São Paulo, onde somente serviços considerados essenciais podem funcionar. Apesar dessas restrições, o transporte público coletivo em São Paulo continua lotado. “As atividades que foram mantidas [na Fase Vermelha] são suficientes para manter o transporte cheio. Temos a construção civil funcionando. E a construção civil movimenta mais de 150 mil trabalhadores todos os dias na cidade de São Paulo. Tem muita atividade, e que não necessariamente pode ser considerada essencial, que ainda está mantida”, disse o médico sanitarista Gonzalo Vecina, professor da Faculdade de Saúde Pública de São Paulo. Transporte público cheio é um grave problema para a população porque aumenta o risco de uma pessoa ser infectada pelo novo coronavírus e ter covid-19. E a situação ainda pode piorar com a chegada das estações mais frias. “[Utilizar o Metrô] é um risco bem elevado porque as pessoas se aglomeram...
Leia mais

SP deve aumentar frota de ônibus para reduzir aglomerações

O número médio de viagens de passageiros por dia útil nos ônibus da capital paulista aumentou em 300 mil de janeiro para fevereiro deste ano, enquanto a quantidade de ônibus permaneceu inalterada, mostrou boletim do Monitor de Ônibus SP, do Instituto de Energia e Meio Ambiente (Iema). Por meio dessa ferramenta online, é possível acompanhar indicadores do transporte público paulistano de ônibus. Em média, houve 5,3 milhões de viagens nos ônibus públicos da capital paulista em cada dia útil de fevereiro deste ano. Desde maio de 2020, após os primeiros meses de adesão ao distanciamento social, o número de locomoções por meio de ônibus públicos tem aumentado gradualmente na cidade. No entanto, a frota permanece com média de 12 mil ônibus circulando em dias úteis desde junho do ano passado. Como a aglomeração pode favorecer a transmissão do novo coronavírus, o instituto avalia que deveria haver aumento da frota para minimizar o problema, com número equivalente, no mínimo, ao período anterior à pandemia: 13 mil ônibus em dias úteis....
Leia mais

SP: peixes são vistos nadando em trecho do rio Pinheiros

Vídeos de peixes nadando no rio Pinheiros, em São Paulo, foram compartilhados nos últimos dias nas redes sociais, contrariando a expectativa para o curso d'água, que há décadas está poluído a ponto de não ser considerado habitável para a vida animal. Às margens do rio, foi instalada uma ciclovia, de onde um ciclista conseguiu capturar o registro em vídeo -- divulgado inclusive pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB). Em sua conta no Twitter, o governador relacionou o surgimento dos peixes ao programa de despoluição do Pinheiros, que segundo ele já ligou "mais de 230 mil imóveis em áreas periféricas da cidade" à rede de esgoto.  "Ainda temos muito pela frente, mas reafirmo nosso compromisso de devolver o rio Pinheiros limpo e despoluído até dezembro de 2022", escreveu Doria. A despoluição do rio Pinheiros, um gigante de 25 quilômetros que nasce no rio Guarapiranga e tem a sua foz no rio Tietê, é, no entanto, uma promessa antiga dos governos de São Paulo. Desde...
Leia mais

Escolas municipais reiniciam hoje aulas em São Paulo

As escolas da rede municipal de São Paulo retomam hoje (12) as aulas presenciais com o fim da fase emergencial da quarentena em todo o estado. As aulas foram interrompidas no último dia 17 de março por causa da covid-19. No período, a prefeitura antecipou o recesso escolar e feriados na capital paulista. A rede privada também está autorizada a reiniciar atividades. Na fase vermelha do planejamento estadual da quarentena, as unidades educacionais podem receber, no máximo, 35% dos alunos. Segundo a prefeitura, neste momento o retorno é opcional. A recomendação é que os estudantes que puderem permaneçam no sistema de ensino remoto. A retomada das aulas presenciais atende com prioridade os estudantes filhos de profissionais de serviços essenciais: saúde, educação, assistência social, transporte público, segurança e serviço funerário. Também está previsto atendimento para os alunos com famílias em situação de vulnerabilidade. Segundo a prefeitura, estão sendo distribuídas cestas básicas para as famílias em maior vulnerabilidade e extrema pobreza. O executivo...
Leia mais

Bares e casas noturnas de SP fazem vaquinha para sobreviver à pandemia

As casas noturnas tradicionais de São Paulo estão sendo impactadas diretamente pela falta de público devido ao isolamento social por causa da pandemia da covid-19. Muitos restaurantes se dedicaram à entrega de comida, mas no caso de bares e casas noturnas, que tinham os drinks e a pista de dança - que gera aglomeração de pessoas - como atrações principais, entregar comida e bebida não paga as contas. Alguns estabelecimentos criaram vaquinhas virtuais [modo online de arrecadar fundos] em troca de vouchers ou prêmios, e contam com a fidelidade dos clientes que frequentavam os locais para tentar sobreviver, e talvez abrir as portas quando a pandemia amenizar. Um dos bares paulistanos que aderiu à vaquinha virtual é o Alberta #3, onde funciona, há mais de uma década, uma das pistas subterrâneas mais conhecidas do centro de São Paulo. No início de abril, o local lançou uma campanha para arrecadar R$ 93 mil. Quem ajudar com a vaquinha tem, como recompensa, vouchers em sorteios de...
Leia mais

Aulas presenciais na rede estadual de SP voltam dia 14

Com a saída do estado de São Paulo da Fase Emergencial, que tem as maiores restrições para conter a disseminação do novo coronavírus, para a Fase 1- Vermelha do Plano São Paulo, o retorno às aulas presenciais será permitido a partir da próxima semana. O anúncio foi feito hoje (9) pelo governo paulista. Na rede estadual, os alunos poderão voltar às escolas a partir de quarta-feira (14). Esse retorno, no entanto, será ainda gradual e vai depender de autorização dos prefeitos. Na Fase Vermelha, as escolas poderão receber até 35% dos alunos matriculados. Esse limite é estabelecido também para as escolas municipais e privadas. As aulas presenciais estão suspensas no estado de São Paulo desde o dia 15 de março, quando São Paulo entrou na Fase Emergencial, a mais restritiva para tentar conter a transmissão do novo coronavírus. Hoje (14), o governo paulista anunciou o fim da Fase Emergencial no domingo (11) e início da Fase 1- Vermelha a partir de segunda-feira (12), onde somente...
Leia mais

Governo de SP cria ‘Bolsa do Povo’ para ampliar programas sociais do estado

O governo do estado de São Paulo anunciou nesta quarta-feira (7) a criação do programa social "Bolso do Povo", que visa ampliar os recursos destinados às políticas públicas de assistência social já desenvolvidas pelo governo estadual.  Segundo o governado João Doria (PSDB), o programa contará com o investimento de R$ 1 bilhão de reais para atender cerca de 500 mil famílias, o equivalente a 2,5 milhões de beneficiários em todo o estado de São Paulo. Ainda segundo o governador, o projeto de lei que estrutura o 'Bolsa do Povo' será rapidamente encaminhado à Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) para que o programa seja colocado em ação ainda no mês de abril.   “Ao lado do enfrentamento da pandemia, preservação da vida e obediência à ciência, estamos acompanhando um crescimento acelerado da miséria”, afirmou João Doria durante o anúncio do novo programa, em entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes. Os recursos serão repassados diretamente aos cidadãos elegíveis por meio da ampliação do valor pago em...
Leia mais

Covid-19 : São Paulo bate recorde e registra 1.389 mortes por em 24 horas

O Estado de São Paulo registrou nesta terça-feira (6) 1.389 óbitos por Covid-19 nas últimas 24h. número é o maior desde o início da pandemia e contém dados acumulados desde o feriado da última sexta-feira (2).  Foram 22.794 casos da doença registrados dentro do mesmo período. Desde o início da pandemia são 78.554 mortes e 2.554.841 casos em todo o estado. O domingo de Páscoa também foi de recorde em número de mortos, com 270 óbitos. Até então, o domingo com mais mortes foi no último dia 28 de março, com 244 vítimas. Até esta segunda-feira (5), havia 29.510 internados, sendo 12.963 pacientes em leitos de Terapia Intensiva e 16.547 em enfermaria. As taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 90,7% no estado e de 90,6% na Grande São Paulo, segundo dados da Secretaria de Saúde do estado.  Ainda nesta segunda, o estado de São Paulo iniciou a vacinação de policiais e agentes de segurança. A meta, segundo o governo paulista, é vacinar 180...
Leia mais

SP autua 99 festas e comércios irregulares no final de semana

A fiscalização do governo estadual autuou, no final de semana, 99 eventos e comércios que desobedeceram as determinações do Plano São Paulo, de lockdown no estado, como forma de diminuir a circulação do novo coronavírus e o número de internados nas enfermarias e Unidades de Terapia Intensiva (UTI) por conta da contaminação. Entre a sexta-feira (26) e a madrugada desta segunda-feira (29), 33 locais foram fechados por funcionamento irregular e descumprimento de protocolos sanitários. Segundo o balanço divulgado, foram 13.990 ações de fiscalização. “A força-tarefa integra agentes de órgãos do Governo do Estado para reforçar o trabalho de fiscalização de prefeituras e o cumprimento das regras previstas na fase emergencial do Plano São Paulo. Entre sexta e a madrugada desta segunda, a Polícia Militar atuou de forma preventiva na capital, litoral e interior em 147 ações de apoio à Vigilância Sanitária e 9.873 dispersões – foram 2.985 pontos de aglomeração flagrados pela PM”, informou o governo estadual em nota. A Vigilância Sanitária...
Leia mais

Homicídios aumentam em São Paulo no mês de fevereiro

Em fevereiro, os homicídios dolosos ou intencionais aumentaram 8,1% no estado de São Paulo em comparação ao mesmo período do ano passado, subindo de 210 para 227 ocorrências. Já o número de vítimas desse tipo de crime [uma mesma ocorrência pode terminar com mais de uma vítima] subiu 9,6% na mesma comparação, passando de 218 vítimas para 239. Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, os casos de estupro também aumentaram no estado. O indicador subiu 11,1% em relação ao de fevereiro do ano passado, com um total de 983 notificações, ante 885 registradas em 2020. Os demais indicadores registraram queda no estado. No caso de latrocínio [roubo seguido de morte], as ocorrências caíram de 22 para 12 casos. O número de vítimas desse tipo de crime também diminuiu, passando de 24 para 12. Os furtos em geral caíram 25,7% em fevereiro de 2021, na comparação com igual mês de 2020. O número passou de 47.015 para 34.933 –...
Leia mais
http://api.clevernt.com/0d18126b-b33f-11e7-bb95-f213f22ad24e